sábado, 31 de janeiro de 2009

Presidente da Câmara de Évora distinguido em Cabo Verde

O Presidente da Câmara Municipal de Évora, José Ernesto d’ Oliveira foi distinguido como cidadão honorário e a cidade de Évora acolhida como patrono da candidatura da cidade Ribeira Grande (Cidade Velha) a Património da Humanidade, aquando da recente visita a Cabo Verde.
Na cerimónia, presidida pelo Presidente da República, Comandante Pedro Pires, participou também o Ministro da Cultura desta República de língua portuguesa.

Recorde-se que esta visita surgiu na sequência de convite feito pelo Presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande, Manuel Monteiro de Pina, aquando da sua vinda a Évora.

A deslocação do Presidente da Câmara de Évora e do Director do Departamento de Comunicação e Relações Externas, José Guerreiro, a Cabo Verde, marcada por um extraordinário bom acolhimento, decorreu entre 23 e 26 de Janeiro e enquadrou-se no âmbito da realização em Ribeira Grande do "Fórum Cidade Velha, Património Mundial".

Cidade Velha saiu do Município da Cidade da Praia há alguns anos, sendo uma cidade histórica e também o berço da nacionalidade e do crioulo. Nela vivem muitos quadros formados na Universidade de Évora e também gente que já esteve na nossa cidade por motivos laborais.

O apoio aos estudantes cabo-verdianos na cidade de Évora e também a oferta de biblioteca a escola de Cabo Verde são algumas das temáticas a que a Câmara de Évora pretende dar seguimento nos próximos tempos.

Num ambiente de grande estima Presidente da Câmara de Évora distinguido em Cabo Verde




O Presidente da Câmara Municipal de Évora, José Ernesto d’ Oliveira foi distinguido como cidadão honorário e a cidade de Évora acolhida como patrono da candidatura da cidade Ribeira Grande (Cidade Velha) a Património da Humanidade, aquando da recente visita a Cabo Verde.

Na cerimónia, presidida pelo Presidente da República, Comandante Pedro Pires, participou também o Ministro da Cultura desta República de língua portuguesa.

Recorde-se que esta visita surgiu na sequência de convite feito pelo Presidente da Câmara Municipal de Ribeira Grande, Manuel Monteiro de Pina, aquando da sua vinda a Évora.

A deslocação do Presidente da Câmara de Évora e do Director do Departamento de Comunicação e Relações Externas, José Guerreiro, a Cabo Verde, marcada por um extraordinário bom acolhimento, decorreu entre 23 e 26 de Janeiro e enquadrou-se no âmbito da realização em Ribeira Grande do "Fórum Cidade Velha, Património Mundial".

Cidade Velha saiu do Município da Cidade da Praia há alguns anos, sendo uma cidade histórica e também o berço da nacionalidade e do crioulo. Nela vivem muitos quadros formados na Universidade de Évora e também gente que já esteve na nossa cidade por motivos laborais.

O apoio aos estudantes cabo-verdianos na cidade de Évora e também a oferta de biblioteca a escola de Cabo Verde são algumas das temáticas a que a Câmara de Évora pretende dar seguimento nos próximos tempos.

-

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

A Assembleia Municipal deu luz verde à cedência de terrenos à EMBRAER para instalar duas fábricas de aviões em Évora

A Assembleia Municipal de Évora, na sua mais recente sessão extraordinária, ocorrida no dia 23 de Janeiro, aprovou uma proposta da Câmara Municipal para aquisição, à Fundação Eugénio de Almeida, da totalidade do terreno destinado à instalação do Parque de Indústria Aeronáutica de Évora. A mesma foi aprovada com 22 votos favoráveis (20 PS e 2 do PSD) e 11 abstenções (CDU). Esta minuta de escritura de compra e venda, da área total de terreno (107,693 hectares), encerra, assim, uma negociação que permite, a breve trecho, avançar com a construção das fábricas da EMBRAER, assegurando também uma considerável quantidade de terreno para outros projectos de índole aeronáutica, que terão desenvolvimento no futuro.

Neste âmbito integrou-se também a proposta que incidiu na venda à EMBRAER de quatro lotes, a 2,76€ o metro quadrado para que esta empresa aeronáutica inicie a construção, no terreno, das 2 fábricas de componentes aeronáuticos. O ponto foi aprovado com 24 votos a favor (21 do PS, 2 do PSD e 1 da CDU) e 10 abstenções (CDU).

A transformação da Sociedade Anónima – Mercado Municipal de Évora, para Empresa Municipal, de acordo com o novo regime jurídico do sector empresarial local, foi aprovada com 21 a favor (PS), 13 abstenções (11 da CDU e 2 do PSD).

Foi aprovada, por maioria, com 21 votos a favor (PS) e 13 abstenções (11 da CDU e 2 do PSD) a incorporação das prestações acessórias relativas ao Projecto de Remodelação e Modernização do Mercado Municipal de Évora, realizadas no montante de 1.296.874, 53 euros, a favor da Mercado Municipal de Évora, SA, no capital social, ficando, neste contexto, a empresa com um capital social realizado de 1.671.850 euros.

Aprovação por unanimidade mereceu a rectificação de montantes relativos ao ponto anterior, ficando o capital social da empresa municipal a corresponder a 1.671.850 euros, valor este resultante de 375.000 euros de capital social realizado, acrescido da incorporação de passivo, decorrente de parte das prestações acessórias já realizadas e contabilizadas no montante de 1.296.874,53 euros.
Nesta sessão, foi também aprovada, por unanimidade, a alteração dos estatutos da empresa municipal Évora Viva, SRU- Sociedade de Reabilitação Urbana -0, por forma a adequá-los ao disposto na nova Lei do Sector Empresarial Local.

A Assembleia Municipal aprovou, também por unanimidade, autorizar a Câmara a concorrer ao programa “Pagar a Tempo e Horas II”, que visa contrair um empréstimo de médio prazo em condições muito vantajosas para o Município, no valor global de 16.395.367 euros. O empréstimo é concretizado através de uma operação em que 60% deste valor é da responsabilidade de um contrato celebrado com uma instituição financeira e os restantes 40% através da Direcção Geral do Tesouro e com um período de carência igual àquele em que decorrer a amortização do contrato com a instituição privada. Tal empréstimo substitui a anterior decisão de contrair empréstimo de igual montante, que neste momento se mostra desnecessário perante a candidatura agora formulada.

A Assembleia Municipal tomou conhecimento da formalização de doação, ao Aeródromo, efectuada pelo Conselho de Administração da ANA – Aeroportos de Portugal S. A. - ao Aeródromo Municipal de Évora de uma viatura de combate a incêndios de aeronaves. Trata-se de uma importante mais valia para o Aeródromo, acrescentando a este capacidade de operação e aumentando os níveis de segurança, encontrando-se a viatura já no referido local.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Buraka Som Sistema e Dezperados na Arena d'Evora

Concertos Vodafone Flash: Buraka Som Sistema e os Dezperados juntos na Arena d'Évora no dia 24 de Janeiro de 2009 pelas 22 horas.




Buraka Som Sistema
Lil’John e Riot começaram a fazer música juntos na adolescência mas o núcleo de Buraka Som Sistema só se completou quando os dois começaram a trabalhar com o produtor Angolano, Conductor, que trouxe consigo um extensivo conhecimento sobre o Kuduro. Os três pegaram nas influências da música da sua juventude, na sua cultura, e fundiram-na com a inspiração tirada de géneros musicais tão diversos como o techno, o drum‘n’bass, o hip hop e a música de dança. Um rotativo elenco de talentos juntou-se a Buraka, nomes como Petty, M.I.A., Pongolove, Kalaf, Nolay, Bruno M, Deize Tigrona, Puto Prata e DJ Znobia. A reputação ganha com os espectáculos enérgicos dados em festivais como Roskilde, Glastonbury, Bestival, TMN/Sudoeste, entre outros, cedo os colocou como favoritos entre a crítica e os seus pares. Apadrinhados por Diplo, M.I.A, Count & Sinden e Switch, Buraka Som Sistema ganharam em 2008 o Best Portuguese Act da MTV.

Dezperados
Tudo começou no Lux, espaço privilegiado para acolher novas intenções, capaz de sustentar o gosto pelo risco e o desejo de transgressão. O terreno do DJ tinha-se tornado num conjunto de regras demasiadamente confortável que, se tinham sido erguidas, também podiam ser desmanteladas. Passaram a fazer parte do espectáculo, quais rock stars envoltas em fumo, groupies, som e electricidade – misturavam o que não se podia misturar, partiam discos ao vivo como Pete Townshend tinha destruído guitarras, tocavam rock e techno e improvisavam as colagens que outros preferiam tocar certinhas. Os Dezperados abanaram a ideia do djing e no processo tornaram-se maiores do que provavelmente sonhavam. As máscaras protegiam a identidade, mas sobretudo pareciam dizer que o importante era a música, não as pessoas que a seleccionavam.E, de repente, sem se saber bem como, a ideia saltou para fora do laboratório que era o Lux e chegou aos festivais: os Dezperados dividiam espaço em cartazes com gente como os Chemical Brothers, Daft Punk, Moloko, LCD Soundsystem e muitos outros nomes grandes e pequenos, bons e maus… E em todo o lado a reacção era mesma: rendição incondicional perante uma dupla que nunca quis fazer prisioneiros. De Paredes de Coura ao Festival do Meco e daí até às festas com marca MTV ou Vodafone SoundClash, a entrega foi sempre a mesma – intensa, irredutível. Os Dezperados souberam não se prender a eles mesmos e não transformar a ausência de uma fórmula num outro tipo de fórmula. E por isso enfrentaram todos os desafios com o mesmo descomprometimento: a digressão com a MTV Europe – juntamente com Tiga, Tiefschwarz, Chicks on Speed, Princess Superstar, The Rapture, Black Strobe, Scissor Sisters, Spektrum e outros aterrou em Londres, Paris, Madrid, Milão, Berlin e Amesterdão e cada noite era noite de choque. Electrónico, obviamente.

Exposição Temporária sobre o Abastecimento de Água na Cidade

A Câmara Municipal de Évora tem patente no Arquivo Municipal, instalado no edifício dos Paços do Concelho, com entrada pela Rua D. Isabel, uma exposição sobre o “Abastecimento de Água na Cidade de Évora”, que está integrada no Projecto de Interpretação do Património Hidráulico de Évora.



Esta exposição tem como objectivo divulgar a história do fornecimento de água na cidade ao longo dos tempos, evidenciando algumas estruturas e equipamentos que marcaram a génese e a evolução do processo de abastecimento de água.



As instalações do Arquivo Municipal foram recentemente remodeladas, com vista à criação de três novos espaços: uma sala de recepção ao público, uma sala para leitura e acções de animação e também uma sala para exposições destinada à apresentação de trabalhos de divulgação do acervo do Arquivo.



A exposição “O abastecimento de água na cidade de Évora” é a primeira a revitalizar o espaço do Arquivo Municipal, foi inaugurada no passado dia 14 de Novembro, e vai estar patente ao público durante os primeiros meses deste ano, de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.



A visita a esta exposição pode ser complementada com uma visita à Unidade Museológica CEA [antiga Central Elevatória de Água(s)], localizada na Rua do Menino Jesus, que surgiu com o propósito de se interpretar e valorizar o património hidráulico da cidade de Évora. A sua criação contribui para o entendimento da evolução económica e social da cidade, ajudando a compreender os vários espaços do complexo que constitui a CEA e que permitiam, em conjunto, o armazenamento e a distribuição de água. Testemunho relevante da arqueologia industrial existente na cidade, o edifício da CEA, que alberga a estação elevatória, tem a particularidade de possuir elementos arquitectónicos e decorativos de Estilo Internacional e Arte Déco, correntes artísticas de influência europeia, que surgiram no país durante a década de 30.



O Arquivo Municipal e a Unidade Museológica CEA, em colaboração com o Núcleo de Documentação, integrado na Divisão dos Assuntos Culturais da Câmara de Évora, irão brevemente apresentar um programa de animação e divulgação para este ano, que englobará a realização de conferências, visitas guiadas, percursos pedestres e colóquios, entre outras iniciativas

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Câmara de Évora lança desafio a jovens

A Câmara Municipal de Évora apela à criatividade juvenil, através da sua participação em dois concursos. São eles o III Concurso Literário “Garcia de Resende”, que tem como prazo final o dia 27 de Fevereiro e o Concurso de Imagem Gráfica do Mês da Juventude, cujos trabalhos podem ser entregues até ao próximo dia 2 de Fevereiro.

O III Concurso Literário “Garcia de Resende” pretende estimular o aparecimento de novos valores, na área da escrita em prosa ou poesia, homenageando, simultaneamente, o grande poeta e cronista eborense, que foi Garcia de Resende. Podem concorrer a este prémio todas as pessoas, até aos 30 anos, residentes no concelho de Évora, ainda que esta residência seja temporária.

Serão distinguidas as categorias de “conto”, “poesia”, “prosa”, devendo as obras apresentadas ser originais e inéditas, não tendo sido premiadas noutros certames. O tema será livre, não se permitindo traduções nem adaptações. Cada autor poderá apresentar só um trabalho por categoria.

Em cada categoria está estabelecido um prémio de 250 euros. O prémio do III Concurso Literário “Garcia de Resende” será atribuído no âmbito das comemorações do Mês da Juventude – Março 2009, pela Câmara Municipal de Évora, em local a designar.

O júri nomeado pela entidade organizadora será constituído por um representante da Câmara Municipal de Évora; Um representante da Biblioteca Pública de Évora; e uma personalidade de reconhecida competência e idoneidade intelectual, proposta pela Câmara Municipal de Évora.

O Concurso de Imagem Gráfica é destinado a todos os jovens entre os 16 e 30 anos (inclusive), residentes no concelho de Évora (ainda que temporariamente). Cada concorrente poderá apresentar até um máximo de três trabalhos, inéditos, desenhados pelo autor ou produto de mmontagem de outras imagens.

A eleição do cartaz vencedor será feita pelos membros do Conselho Municipal de Juventude de Évora e ao trabalho escolhido será atribuído um prémio monetário no valor de 150 euros, havendo também um prémio de participação para cada um dos concorrentes.

Os trabalhos para ambos os concursos devem ser entregues na Divisão de Acção Social, Associativismo e Juventude da Câmara Municipal de Évora (Páteo do Salema). Para mais esclarecimentos sobre as normas de participação, deverá consultar o site:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...