domingo, 31 de maio de 2009

11ª Bienal Internacional de Marionetas de Évora

2 a 7 de Junho de 2009

Companhias Participantes:

Bonecos de Santo Aleixo (Portugal), Criadores de Imagens (Portugal), Era Uma Vez - Teatro de Marionetas (Portugal), Trulé - Investigação de Formas Animadas (Portugal), Delphim Miranda (Portugal), Gigabombos do Imaginário (Portugal), The Fifth Wheel (Alemanha), Stef Vetters (Bélgica), Anima Sonho - Teatro de Bonecos (Brasil), Mamulengo Presepada (Brasil), Compañia Canija (Espanha), Compañia Pèlmanec (Espanha), Teatro de Marionetas La Estrella (Espanha), Teatro de Títeres Los Duendes (Espanha), Le Manège Magique (França), Stuffed Puppet Theatre (Holanda), Mikropodium (Hungria), Stephen Mottram (Inglaterra), Irene Vecchia (Itália), Teatro Hugo e Inês (Perú), Teatr Viti Marcika (República Checa)

BIME - Calendário dos Espectáculos



Link: BIME - Calendário dos Espectáculos


sábado, 30 de maio de 2009

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Tocar de Ouvido - 18/19 e 20 Junho

No dia 30 de Maio, no Espaço Celeiros, é apresentado o Tocar de Ouvido - Festival Internacional de Música de Évora. A partir das 22:00h, apresenta-se o festival e os seus objectivos: trazer a Portugal e à cidade de Évora, durante a Feira de São João,  grandes nomes das músicas do mundo em concertos nocturnos e realizar oficinas de aprendizagem de instrumentos, durante o dia.
Na apresentação poder-se-ão ver vídeos e conhecer melhor os grupos convidados:Dazkarieh, Sara Tavares, A Barca, Rabih Abou-Khalil, Leilía e Kepa Junkera.

Para além disso, poderemos conhecer um pouco dos instrumentos que vão ser ensinados por alguns destes músicos, bem como pelos mais representativos músicos de tradição oral:Concertina do país Basco (Kepa Junkera e Artur Fernandes), Gaita-de-foles de Portugal (Joaquim Roque), Pandeiro do Brasil (Ari Colares; A Barca) e pandeireta da Galiza (Leilía),percussão corporal (Marcelo Pretto; A Barca) ou  Rabeca (Thomas Rohrer; A Barca).

Logo a seguir, actua a Roda de Choro de Lisboa - uma singular formação de músicos brasileiros e portugueses, que junta as influências de 500 anos de mistura de tradições musicais de europeus, africanos e americanos - no fundo, o que somos hoje no Tocar de Ouvido.

Dias 30 e 31 de Maio: Banco Alimentar Contra a Fome nos supermercados de Évora

Numa altura em que a solidariedade é mais do que nunca necessária, os Bancos Alimentares Contra a Fome voltam a apelar, no próximo fim-de-semana, à generosidade do público em mais uma campanha de recolha de alimentos. A solidariedade sempre renovada dos portugueses volta a ser posta à prova num momento de particular dificuldade e necessidade: nunca como agora fez tanto sentido a ideia de que é possível fazer a diferença apenas com um pequeno gesto.

Em 15 regiões do país (Lisboa, Porto, Coimbra, Évora e Beja, Aveiro, Abrantes, São Miguel, Setúbal, Cova da Beira, Leiria-Fátima, Oeste, Algarve, Portalegre, Braga e Santarém), mais de 23.000 mil voluntários devidamente identificados estarão à porta dos estabelecimentos comerciais a convidar os portugueses a associarem-se a uma causa que já conhecem, doando as suas contribuições em alimentos.

Novo número do Boletim Cultural “A Cidade de Évora” é apresentado dia 30 de Maio

A Câmara Municipal de Évora vai proceder à apresentação pública do novo número do Boletim Cultural “A Cidade de Évora”, no próximo dia 30 de Maio, numa sessão aberta à população em geral que decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a partir das 16:00.

Este é o Boletim Cultural “A Cidade de Évora” N.º 7 (2007-2008) e conta com a colaboração de 30 autores, que nele apresentam um igual número de artigos, sobre temas subordinados ao património, arqueologia, urbanismo, antropologia e literatura, sendo todos estes estudos de âmbito local e regional. Este número do Boletim Cultural “A Cidade de Évora” contém ainda um novo tipo de trabalhos, entre os quais se incluem dois artigos de memórias.

Publicado desde 1942, o Boletim Cultural “A Cidade de Évora” adquiriu, ao longo dos tempos, um elevado prestígio nacional e internacional, devido ao mérito dos seus colaboradores, e por ter tido como director, durante muitos anos, o historiador eborense Túlio Espanca.

Actualmente, esta publicação mantém-se como um importante instrumento para o conhecimento, reflexão, preservação e divulgação da cultura da cidade e da região. Instituições culturais, universidades, bibliotecas e centros de investigação, portugueses, e várias entidades internacionais de relevo, como a Biblioteca do Congresso nos EUA, a maior biblioteca do mundo, a British Library, a Universidade Complutense de Madrid, a Universidade Sorbonne, entre outras, solicitam regularmente as edições do Boletim Cultural “A Cidade de Évora”.


Retrato de menina com cão


Autor - Silva Nogueira
Data Fotografia - 1930 - 1940
Legenda - Retrato de menina com cão
Cota SVN ap - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

quinta-feira, 28 de maio de 2009

28 A 30 DE MAIO - VARIAÇÕES ENIGMÁTICAS, PELA COMUNA TEATRO DE PESQUISA, NO TEATRO GARCIA DE RESENDE, EM ÉVORA

SINOPSE:

Quem amamos quando amamos?

Saberemos alguma vez quem é o ser amado?

O amor partilhado não será afinal um feliz mal-entendido?

Em torno destes mistérios eternos do sentimento amoroso, dois homens se defrontam:Abel Znorko, Prémio Nobel da literatura que vive isolado do mundo numa ilha perdida no mar da Noruega onde recorda a sua paixão por uma mulher com a qual trocou uma longa correspondência, e Erik Larsen, um jornalista que arranjou o pretexto de uma entrevista para se encontrar com o escritor. Mas qual o motivo deste encontro?

Qual a ligação secreta entre ele e a mulher pela qual Znorko se diz ainda apaixonado?

E porque é que um misantropo como o escritor afinal acedeu em recebê-lo?

A entrevista transforma-se rapidamente num “jogo da verdade” cruel e sinuoso, ritmado por uma cascata de revelações que cada um partilha com o outro, numa trama de um suspense sabiamente tecido.


Ficha Técnica:

Tradução: Carlos Paulo
Cenografia: José Capela
Desenho de Luz: João Mota
Figurinos: Carlos Paulo
Elenco: Carlos Paulo e Álvaro Correia
Assistente encenação: Hugo Franco
Guarda Roupa: Mestra Aurélia Braz
Equipa Técnica: Renato Godinho e Mário Correia
Fotografia: Susana Paiva
Cartaz: Suzana Paiva/r2com.pt
Assiatência Geral: Cremilde Paulo, Madalena Rocha, Alexandre Lopes, Leonor Gama, Assunção Dias e Eduardina Sousa
Gabinete de Produção: Rosário Silva e Carlos Bernardo


VARIAÇÕES ENIGMÁTICAS de Eric-Emmanuel Schmitt, 
Versão Cénica e encenação de João Mota
Elenco: Carlos Paulo e Álvaro Correia



Eric–Emmanuel Schmitt

Filho de professores de educação física, Eric Emmanuel-Schimtt nasceu a 28 de Março de 1960, em Lyon, na França. Estudou na École Normale Superieur, em Paris, licenciando-se em filosofia com a tese “Diderot e a Metafísica”. Depois de se formar, deu aulas de filosofia, primeiro em Saint-Cyr, depois três anos em Cherbourg e finalmente na Universidade de Chambéry.

Em 1991, escreveu a sua primeira peça de teatro: “La Nuit de Valognes”, uma releitura do famoso mito de D. Juan que fez a sua estreia mundial em Inglaterra, numa produção da Royal Shakespeare Company. Seguiu-se, em 1993, “A Visita”, uma peça que narra um suposto encontro entre Freud e uma figura misteriosa que alguns dizem ser Deus e outros dizem encarnar a Morte, e que lhe valeu três prémios Molière no ano de 1994: para Melhor Autor, Revelação Teatral do Ano e Melhor Espectáculo. 

Foi graças ao sucesso desta peça – traduzida e representada em todo o Mundo, que Emmanuel-Schmitt abdicou do seu lugar de Professor Conferencista na Universidade de Sabóia para se dedicar exclusivamente à escrita.

Em 1995, escreveu “Golden Joe” e no ano seguinte “Variações Enigmáticas”, que estreou no Théâtre Marigny, protagonizado por Alain Delon. Aliás, esta é, até ao momento, a peça mais representada do autor, e grandes actores de vários países têm dado corpo ao seu protagonista. Casos do brasileiro Paulo Autran, do alemão Mario Adorf ou do norte-americano Donald Sutherland.

Em 1997, Schmitt escreveu “Le Libertin”, inspirado na vida de Denis Diderot, e o monólogo “Milarepa”, que versava o tema do budismo, foi levado à cena durante o Festival de Avignon desse ano e posteriormente reposto em Paris, em 1999. Em 1998, o actor francês Jean-Paul Belmondo protagonizou “Frédérick ou le Boulevard du Crime”, e, na temporada seguinte, o Théâtre Marigny, de Paris, foi obrigado a contratar três elencos diferentes para manter em cartaz a peça “Hotel dos Dois Mundos”, dado o sucesso obtido pelo espectáculo junto do público.

Continuando a escrever imparavelmente – frequentemente ao ritmo de uma peça, ou mais, por ano – Emmanuel-Schmitt assinou ainda “Monsieur Ibrahim et les fleurs du Coran” (adaptado ao cinema pelo realizador François Dupeyron e que valeu a Omar Sharif o César para Melhor Actor de 2004); “Oscar et la Dame Rose”, “Pequenos Crimes Conjugais” (estreado pela actriz Charlotte Rampling no Théâtre Edouard VII em 2004), ou “L’Evangile selon Pilate”, adaptação cénica do seu romance homónimo.

Representado em 35 países, Eric Emmanuel-Schmitt é também autor de romances e ensaios, de uma ficção autobiográfica (“Ma vie avec Mozart”) e tradutor dos librettos das óperas “As Bodas de Fígaro” e “Don Giovanni”, de Mozart. Em 2000, recebeu o Grande Prémio de Teatro da Academia Francesa, pelo conjunto da sua obra teatral, e em 2004 o Grande Prémio do Público, em Leipzig.

Fontes:
Site oficial do escritor

Variações Enigmáticas hoje no Teatro Garcia de Resende

Retrato de senhora com dois gatos


Autor - Silva Nogueira
Data Fotografia - 1930 - 1940
Legenda - Retrato de senhora com dois gatos
Cota SVN36206b - Propriedade Arquivo Fot. CME

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Baile da Gala da Queima das Fitas

Dia Mundial da Esclerose Múltipla é comemorado hoje


A Câmara Municipal de Évora em conjunto o grupo informal de auto-ajuda de portadores de Esclerose Múltipla, o “Gang da Esclerose Múltipla”, comemora hoje o Dia Mundial da Esclerose Múltipla tendo como objectivo principal alertar e sensibilizar a população e a comunicação social para esta doença que afecta milhares de pessoas em todo o mundo.


Neste âmbito, hoje (dia 27), pelas 17.30, no Palácio de D. Manuel a autarquia convida a população a assistir a uma conferência sobre a temática com Antonio Leitão (médico do Hospital Espírito Santo de Évora), seguindo-se a apresentação do livro “Aprender a Viver com…Esclerose Múltipla” de Ana Rodrigues e, de seguida, uma caminhada pela cidade.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Antigos Paços do Concelho de Évora


Autor -  José Pedro Braga Passaporte
Data Fotografia - 1906
Legenda - Antigos Paços do Concelho, na Praça do Giraldo
Cota CME0176 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

Toni e Zezé estão de regresso... António Feio e José Pedro Gomes, em "A Verdadeira Treta", chegam à Arena d'Évora a 29 de Maio !!!

Em a "A Verdadeira Treta", Zezé e Tóni vão levantar dinheiro a uma caixa Multibanco e, como conversa puxa conversa, ou melhor, no caso deles, como conversa da treta puxa conversa da treta, passam uma infinidade de tempo a falar de tudo e mais alguma coisa.

Desde o preço do petróleo, às operações plásticas, desde a paranóia com a segurança, até à educação, à saúde, passando pelo aumento dos juros, tudo é esmiuçado pela óptica arrevesada e demente destes dois mamíferos da famosa espécie: "Chico-Espertus Lusitanus".

Uma raça que, infelizmente para uns, e, felizmente para outros, está muito longe da extinção.

A aventura "Conversa da Treta" começou no Auditório Carlos Paredes, em 1997, e desde então já correu o país, esgotou o Coliseu dos Recreios várias semanas, foi um programa de rádio, uma série televisiva. O DVD, o livro e o filme vieram mais tarde confirmar o sucesso da dupla.

Em Maio de 2009, apresentam em Évora, "A Verdadeira Treta", um regresso à essência da "filosofia do disparate" que já fez rir milhares de espectadores... que há muito reclamavam por mais!


Preçario:

Plateia - 18 Euros
Cadeiras - 12 Euros

A verdadeira treta em Évora

segunda-feira, 25 de maio de 2009

CONCURSO Pequenas Invenções para o Futuro


Consulte aqui mais informações sobre o CONCURSO "Pequenas Invenções para o Futuro"

Alojamentos em Évora

HOTÉIS


Convento do Espinheiro *****
Heritage Hotel & Spa
M´AR de AR Aqueduto *****
M´AR de AR Muralhas ****
Évora Hotel ****
Hotel D. Fernando ***
Best Western Hotel Santa Clara ***
Hotel Ibis **

POUSADA HISTÓR

Pousada dos Lóios

RGARIA

Albergaria do Calvário
Albergaria Solar Monfalim
Albergaria Vitória

RESIDENCIAIS
RESIDENCIAL DIANA
RESIDENCIAL GIRALDO / 3.ª
Morada: Rua dos Mercadores n.º 27 Telefone: 266705833 Localização: Évora
RESIDENCIAL GRAÇA
RESIDENCIAL MANUÉIS
RESIDENCIAL POLICARPO
RESIDENCIAL PORTALEGRE
Morada: Travessa do Barão, N.º 18
Telefone: 266702326 Fax: 266702326
Localização: Évora
RESIDENCIAL RIVIERA

TURISMO DE HABITAÇÃO
CASA S. TIAGO

HOSPEDARIAS
CASA HÓSPEDES "O ALENTEJO"
Morada:Rua Serpa Pinto nº74
Telefone: 266 702 903
Fax: 266 702 903
Localização: Évora
HOSPEDARIA D´EL REI
Morada
: Rua de Timor, 30
Telefone: 266 745 660
Fax: 266 745 669
E-Mail: del.rei@netvisao.pt

Localização: Évora
TURISMO EM ESPAÇO RURAL

CASA S. PEDRO

Telefone: 266707731

Telemóvel: 962362050

Localização: Estrada do Sr. dos Aflitos - Igrejinha

MONTE DA CHAMINÉ

Telefone: 266704532

Web: www.travel.to/montechamine.pt

Localização: Estrada de Viana do Alentejo

MONTE DO CARMO - HOTEL RURAL

Telefone: 266970050

Fax: 266978070

Localização: Azaruja

MONTE DO PERDIGANITO

Telefone: 266917379

Localização: N.ª Sra. de Machede

MONTE DO SERRADO DE BAIXO

Telefone: 266743134

Fax: 266758641

Telemóvel: 966758940

Web: www.turaventur.com

E-mail: turaventur@turaventur.com

Localização: Quinta do Serrado / Sr. dos Aflitos

MONTE DA SERRALHEIRA

Telefone: 266741286

Fax: 266741286

Web: www.monteserralheira.com

E-mail: monteserralheira@mail.telepac.pt

Localização: Estrada do Bairro de Almeirim - Évora

QUINTA DA ESPADA

Telefone: 266734549

Fax: 266736464

Web: www.quintadaespada.com

E-mail: isabelcabral@quintadaespada.com

Localização: Estrada de Arraiolos

QUINTA DO PINTOR

Telefone: 266706915

Web: www.softline.pt/Internet/WebClients/QuintaPintor/index.html

Localização: Estrada de Canaviais

QUINTA DO XARRAMA

Telefone: 266700405

Telemóvel: 919530567

Web: www.xarrama.web.pt

E-mail: quintadoxarrama@netvisao.pt

Localização: Estrada de Estremoz

Retrato de menina com gato


Autor - Silva Nogueira
Data Fotografia - 1930 - 1940
Legenda - Retrato de menina com gato
Cota SVN38615a - Propriedade Arquivo Fot. CME

domingo, 24 de maio de 2009

Vem aí o Bikévora 2009


A edição deste ano do Bikévora – o fim-de-semana mais “betetista” de Portugal – vai ter lugar este ano de 25 a 27 de Setembro, tendo a Câmara Municipal de Évora promovido recentemente a primeira reunião de preparação com a presença de inúmeras associações e empresas do Concelho, com o objectivo de delinear o programa e as diversas estratégias de promoção e divulgação do evento.

Depois do enorme sucesso do ano anterior, em que marcaram presença cerca de 10 mil participantes, a edilidade eleva a fasquia e juntamente com os restantes promotores pretende este ano ter cerca 12 500 praticantes de BTT ao longo dos três dias do evento, repartidos pelas diversas provas previstas.

Assim, no fim de semana de 25, 26 e 27 de Setembro, todos os caminhos dos amantes do BTT voltam-se a encontrar em Évora, com a organização de um conjunto de iniciativas, das quais se destaca o Passeio para a Família, Maratona BTT, Feira da Bicicleta, Actividade Física e Lazer, Cicloturismo e Down Town. Está para breve o lançamento do programa oficial do evento.

"Retrato" de dois gatos


Autor - Silva Nogueira
Data Fotografia - 1930 - 1940
Legenda - "Retrato" de dois gatos
Cota SVN36206d - Propriedade Arquivo Fot. CME

sábado, 23 de maio de 2009

Plano de Desenvolvimento Estratégico de Évora

A Câmara Municipal de Évora tomou conhecimento do Plano de Desenvolvimento Estratégico de Évora apresentado pela equipa que o elaborou, coordenada pelo Prof. Paulo Neto, pertencente à Universidade de Évora, cujo desígnio estratégico aponta “Évora 2020, lugar de criatividade e excelência – Valores de futuro com séculos de História”.

Este Plano, segundo os seus autores, é um instrumento orientador da estratégia de desenvolvimento do concelho de Évora, que procura compatibilizar os instrumentos e políticas de intervenção e ordenamento do território e de desenvolvimento urbano de Évora com uma visão e um desígnio estratégicos para o concelho até ao ano de 2020.

O documento tem em consideração o Plano Director Municipal articulando-se com este e outros instrumentos de gestão territorial e apresenta como referência as seguintes linhas de orientação: afirmar Évora enquanto pólo estruturante do território regional; consolidar a rede de aglomerados rurais do concelho; valorizar o espaço rural do concelho; potenciar os recursos ambientais e patrimoniais; robustecer a base económica; promover a qualidade de vida e reforçar as condições de mobilidade.

É composto por cinco eixos estratégicos: Évora, Património da Humanidade, Espaço das Artes e da Cultura; Évora Património Sustentável e Multifuncional com Qualidade de Vida; Évora, Município Competitivo com Identidade; Évora Elo de Redes de Conhecimento e Criatividade; e Évora, Vitalidade Económica num Território sem Fronteiras.

Com base nestas temáticas, o Plano de Desenvolvimento Estratégico será submetido a debate público, estando previstas cinco sessões que serão agendadas de acordo com um Plano de Comunicação a divulgar oportunamente.

O referido documento poderá ser consultado na página da Câmara Municipal de Évora a partir desta semana, em http://www.cm-evora.pt

A Câmara Municipal manifestou unanimemente que o debate público seja mais publicitado e mais amplamente divulgado o Plano de Desenvolvimento Estratégico de Évora.

Nesta reunião de Câmara foram ratificados, por maioria, três despachos do Presidente José Ernesto d’ Oliveira que incidiram nos seguintes assuntos: contestação a uma providência cautelar interposta por um concorrente à empreitada de concepção/construção da Escola EB1/JI dos Canaviais; contrato de prestação de serviços de limpeza pública das freguesias urbanas; e contratos locais de segurança.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Apresentação da Queima das Fitas 2009

Planta do Recinto da Queima 2009

Preçario da Queima das Fitas 2009

Queima 2009

Queima das Fitas de Évora 2009

A Queima das Fitas de Évora 2009 tem muitas surpresas este ano. A começar pelo recinto, que voltou a ser o Campo de Futebol do Colégio Espirito Santo...estamos de volta ao nosso antigo espaço!!!! 

No recinto própriamente dito vamos ter duas tendas que, além de serem um elemento estético do mesmo, previnem os espectadores do mau tempo. Além disso, as duas tendas dividem dois espaços bastante distintos de diversão e entretenimento: o palco pricipal e uma zona chill out. Durante o dia o Jardim do Granito estará aberto ao público com bebida e comida a preços económicos. 

A Queima Desportiva também vai bombar durante as manhãs e tarde. O Espirito Santo e o Lusitano Ginásio Clube vão acolher-nos neste grande evento. Vamos mostrar que a Queima das Fitas não é só borga....vamos todos fazer desporto. Vem participar conosco!!! 

O cartaz está excelente! Compreendendo vários estilos musicais e agradando a vários gostos, conseguimos construir um cartaz diversificado e bastante coerente na relação qualidade/preço. 

Este ano temos, também, quatro grandes momentos de vivência académica: a Monumental Serenata Académica, a Garraiada Académica, a Noite de Tunas e o Cortejo Académico. A Monumental Serenata é no dia 22 de Maio (Sexta-feira) onde iremos ter a actuação de vários grupos de Serenatas de Coimbra, bem como a abertura do recinto, pela primeira vez à Sexta-feira, com um Dj a terminar a noite em beleza. A Garraiada Académica, mais animada do que nunca conta com um modelo renovado onde cada curso faz um grupo de forcados e defende a sua cor na arena. E este ano é mesmo na Arena d’Évora. Contamos ainda com a participação de toureiros a pé e a cavalo. Haja toreria!!!... no dia 23 de Maio por volta das 15 horas na Arena d’Évora. 

A Noite de Tunas, uma noite inteiramente dedicada ao espirito académico da Universidade de Évora, num momento intimista entre as tunas e os estudantes da nossa academia. No dia 27 de Maio vamos todos à noite da Universidade de Évora, vamos todos às tunas!!! 

O Cortejo Académico, dia 31 de Maio, o último dia da Queima das Fitas de Évora 2009, onde os vários cursos da U.É. desfilam nos seus carros decorados com muito carinho e amor. Onde a boa disposição e a Superbock não vão faltar. Para terminar em grande, a AAUÉ irá ter um porco no espeto a assar e bebida barata no recinto da Queima das Fitas (Jardim do Granito) no final do cortejo. Acompanha-nos nesta viagem, curta...mas com muitas emoções!!! 

quinta-feira, 21 de maio de 2009

“Quis sair da história mas foi ameaçado”

"Há muitas mentiras no processo. Houve uma altura em que o meu irmão se quis livrar desta história mas não conseguiu devido aos constantes telefonemas e ameaças de familiares das alegadas vítimas." Maria (nome fictício), irmã do professor da Universidade de Évora e da Escola Superior de Educação de Lisboa que se fazia passar por mulher, na internet e ao telefone – para seduzir homens e infernizar as suas vidas com perseguições –, disse ainda ao CM que a verdade será conhecida em tribunal. 



"Neste processo existem outros culpados que não têm sido mencionados. Tudo começou por uma brincadeira que resvalou para esta situação", frisou Maria, que não quis adiantar pormenores sobre o caso. Revelou apenas que o irmão e restante família "estão bastantes afectados psicologicamente" e que irá agir judicialmente contra a equipa de investigação por a terem constituído como arguida "sem provas".

O docente, Mário M., nascido em 1971, cometeu os crimes entre 2001 e 2008. Seduzia homens pela internet e quando a conversa resvalava para o telemóvel imitava a voz de mulher. Depois marcava encontros ao vivo, mas não comparecia. Desta forma enganou um comissário da PSP, um familiar dos donos de uma editora famosa e ainda outro homem.

Segundo a acusação do Ministério Público, o docente iniciava uma perseguição infernal às vítimas quando estas rompiam a ‘relação’. Para as seguir contratou detectives, e estes polícias e técnicos de telecomunicações.

"FUI ARGUIDA SEM TEREM UMA ÚNICA PROVA"

A irmã de Mário, que foi associada à voz imitada pelo irmão e por isso arguida no processo até à passada semana, vai avançar com uma queixa contra os investigadores da PSP. "Fizeram uma busca na minha casa, apreenderam o computador e o carro e fui constituída arguida sem que tivessem uma única prova. Também não compreendo como é que a juíza e a procuradora assinam um documento sem certezas", disse. Esta mulher refere que a situação teve consequências graves na sua vida privada e profissional. Mário e a irmã foram identificados no dia 26 de Junho de 2008.

ENVIAVA ÀS VÍTIMAS FOTO DE MULHER LOIRA

Para consolidar a confiança das suas vítimas e para que mantivessem a expectativa de um dia virem a conhecer a mulher com quem falavam com regularidade, Mário M. chegou a enviar a alguns dos homens, via internet, uma fotografia de uma mulher loira, de olhos claros e com características físicas das mulheres nórdicas. Segundo a Acusação, o professor universitário que se encontra a fazer um doutoramento na área de Paleobotânica, simulava na perfeição a voz de mulher. Com as vítimas estabelecia relações amorosas virtuais e, por vezes, para apimentar o contacto, simulava actos sexuais com os interlocutores.

PORMENORES 

NOMES

Mário usava nomes falsos: Ana Sofia de Magalhães e Francisco Sá Magalhães.

ESTRATÉGIA

A maioria dos contactos com as vítimas foram estabelecidos a partir do computador na casa dos pais.

MÉTODOS

Pintou casas das vítimas, estragou carros e enviou cartas a acusá-las de corrupção e tráfico de droga.

ARGUIDOS

Estão ainda evolvidos dois detectives, dois PJ, dois PSP e dois técnicos de telecomunicações.

Alexandre M. Silva

Professora disse estar grávida de comissário

Chegou a dizer à mulher do comissário que era amante deste e que estava grávida. Mais tarde, para infernizar a vida da família do polícia, enviou documentos anónimos aos superiores hierárquicos do oficial e às Finanças a denunciar casos de tráfico e de fuga aos impostos. As perseguições duraram quatro anos e foram arquitectadas pelo professor universitário de Évora que se fazia passar por mulher na internet e ao telefone, para seduzir homens. 



Os contactos virtuais de Mário M., 38 anos, com o comissário tiveram início no Verão de 2001. O oficial da PSP foi a primeira das três vítimas do professor identificadas até meados de 2008. O docente, que se fazia passar por ‘Ana Sofia de Magalhães’ e que contratava detectives para perseguir as vítimas depois de terminarem as relações, aproveitou a ruptura do casamento do comissário para o seduzir. Apesar de nunca se terem conhecido pessoalmente, a ‘amizade’ durou até Janeiro de 2002, altura em que o oficial restabeleceu a vida familiar com a mulher. A partir daí o dia-a-dia da família foi devassado. Em 2003, Mário enviou para casa do casal encomendas e coroas de flores à cobrança, viaturas dos bombeiros, INEM e carros funerários. O casal temeu pela segurança e apresentou queixa.

O pior veio depois. Até 2006, várias foram as cartas difamatórias enviadas à PSP e Finanças. Uma chegou mesmo ao Ministério da Administração Interna.


Rejeitado, Mário M. decidiu avançar para a difamação com o intuito de arruinar a carreira do casal. Em cartas, algumas assinadas com o nome fictício de ‘Leonor Sobreiro’, denunciou ao então secretário de Estado da Administração Interna, José Magalhães, à PSP e às Finanças a ligação – falsa – das vítimas ao tráfico de droga e ao contrabando. Escrevia ainda que fugiam aos impostos e que o comissário utilizava viaturas, material de escritório e telefones da PSP para fins pessoais. As denúncias valeram ao oficial processos disciplinares e ao casal processos de averiguações da Inspecção Tributária, que acabaram arquivados.


Os familiares do professor, contactados ontem pelo nosso jornal, preferiram não prestar 'para já' esclarecimentos sobre os factos de que o principal arguido do caso de espionagem é acusado. Ao telefone, a irmã do docente disse apenas que 'não haverá declarações' por parte do seu irmão e que este se encontra 'bastante afectado' com as notícias vindas a público.

Em Évora, cidade onde Mário M. reside, o caso surpreendeu os populares. 'Não é muito de fazer amizades. É uma pessoa de poucas falas, bastante recatada, bem vestida e bom profissional', referiu um conhecido, que preferiu o anonimato. Investigadores da PSP de Lisboa identificaram Mário em Junho de 2008. São ainda arguidos três detectives, dois agentes da PSP, dois inspectores da PJ e dois técnicos de telecomunicações. Mário M. é professor na Universidade de Évora e Escola Superior de Educação de Lisboa. As investigações levaram ainda as autoridades a constituir como arguida a irmã do docente.

Alexandre M. Silva

quarta-feira, 20 de maio de 2009

7º U.E. Challenge

A AAUE e o curso de Educação Física e Desporto vem convidá-lo a participar no 7º U.E. Challenge, que decorrerá, nos dias 23 de Maio, pelas 19H00m, e dia 24 de Maio a partir das 9H00m, na Herdade da Mitra e na Serra de Valverde. 

O 7º U.E. Challenge tem como ponto alto as competições em actividades relacionadas com desportos de aventura e exploração da natureza, no dia 24, e uma etapa nocturna no dia 23 de Maio. Sendo a competição de dia 24 aquela mais importante e com maior relevo do grandioso evento universitário, que é o 7º U.E. Challenge. 

Desde já convidamos te a participar neste evento para conquistar o pódio ou simplesmente, numa vertente mais lúdica de simples participação na qual poderá passar um dia diferente, respirando ar puro na serra de Valverde. 


Mais informações entre no site: 

http://7uechallenge.weebly.com

Professor da Universidade de Évora apanhado no gabinete pela PSP

O professor universitário que fingia, na internet e ao telemóvel, ser mulher e estragou a vida às vítimas – entre elas um comissário da PSP – com perseguições, utilizava os computadores da Universidade de Évora para seduzir os homens e marcar encontros. Acabou por ser apanhado pela Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa no seu gabinete do departamento de Geociências, onde desempenhava funções de professor assistente convidado.

Apesar do uso dos meios informáticos da academia, Mário M., 35 anos (conhecido por ser um homem de poucas falas), continuou a leccionar as quatros horas semanais de Biologia sem que a instituição aplicasse medidas disciplinares. A reitoria da Universidade de Évora não quis pronunciar-se por se tratar de "um assunto particular".

O docente, que ensina em Évora e na Escola Superior de Educação de Lisboa, e tem residências nas duas cidades, cometeu os crimes em 2007 e 2008. Para seguir e infernizar a vida das vítimas contratou três detectives, e estes dois inspectores da PJ, dois agentes da PSP, um funcionário da Vodafone e outro da UNICRE. Mário seduzia homens pela internet e quando a conversa resvalava para o telemóvel, imitava a voz de mulher na perfeição. Depois marcava encontros ao vivo, mas não comparecia. Desta forma enganou um comissário da PSP e ainda um familiar dos donos de uma editora famosa.

Segundo a acusação do Ministério Público, a que o nosso jornal teve acesso, o docente iniciou uma perseguição infernal às suas vítimas quando estas romperam a ‘relação’. Colocou vários cartazes a avisar de que eles tinham doenças, pôs massa na fechadura dos carros e mandou entregar cinco a seis coroas de flores por dia em casa de cada uma das vítimas e dos seus familiares, a dar os sentimentos pelas suas mortes. À PSP enviou denuncias anónimas, acusando o comissário de corrupção e tráfico de droga. Mário M., solteiro, é conhecido por ser recatado. Nos últimos anos investiu no doutoramento. Na Universidade de Évora deu aulas de Biologia no primeiro semestre. Pontualmente faz investigação nos laboratórios.

Alexandre M. Silva

terça-feira, 19 de maio de 2009

Vai começar a festa do futebol juvenil em Évora - Torneio Sub-15 Inter-Freguesias

Tem início no próximo fim-de-semana mais uma edição do já tradicional Torneio de Futebol 7 sub-15 anos Inter-Freguesias e que conta este ano com a presença de oito selecções em representação de igual número de freguesias do concelho.

A festa do futebol juvenil como já foi baptizado divide-se em dois grupos sendo que no grupo A estão as formações da Boa-Fé, Nª Sr.ª de Machede, Vendinha e Azaruja, enquanto que as equipas dos Canaviais, Horta das Figueiras, Malagueira e Bacelo fazem parte do grupo B. No fim-de-semana de 27 e 28 de Junho terão lugar as finais em local a anunciar oportunamente.


Esta competição, organizada pela Câmara Municipal de Évora, juntamente com as juntas de freguesia e com o apoio da Associação de Futebol de Évora, tem a primeira jornada prevista para o próximo fim-de-semana:

Grupo A (dia 24) 
Boa-fé – N.ª Sr.ª de Machede (17h00)
Vendinha – Azaruja (17h00)

Grupo B (dia 24)
Canaviais – Horta das Figueiras (18h00)
Malagueira – Bacelo (18h00).



Professor da Univerdidade de Évora aterroriza comissário da PSP

De dia é um respeitável professor na Universidade de Évora; à noite seduz homens pela internet. E, quando a conversa resvala para o telemóvel, Mário M. não se atrapalha. Imita voz de mulher na perfeição. Foi assim que enganou um comissário da PSP de Lisboa e ainda outro jovem, familiar dos donos de uma editora famosa. O professor marcou vários encontros ao vivo, deixando os dois candidatos a amantes pendurados – mas o inferno começou no dia em que as vítimas quiseram romper a relação que nunca foi mais do que virtual. 



Mário M., segundo a Acusação do Ministério Público a que o CM teve acesso, perseguiu as suas presas de tal forma que até em sítios que frequentavam colocou vários cartazes a avisar de que eles tinham doenças infecto-contagiosas.

Mas fez-lhes pior, entre 2007 e 2008, até que a Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa o apanhou. Pôs massa na fechadura dos carros; atirou tinta contra as casas; mandou entregar cinco a seis coroas de flores por dia em casa de cada uma das vítimas e dos seus familiares e amigos a dar os sentimentos pelas suas mortes. E tudo porque os homens, que não se conheciam entre si, quiseram romper relações em que eram enganados por uma falsa mulher.

No caso do comissário da PSP, um jovem oficial de carreira promissora, o professor universitário ainda fez pior: mandou denúncias anónimas para a polícia a acusá--lo de corrupção e de tráfico de droga. Tudo falso, apenas para prejudicar a vítima.

O professor da Universidade de Évora – que segundo o CM apurou continua a dar aulas como se nada se passasse, não tendo os crimes moldura penal para prisão preventiva – recorreu aos serviços de detectives privados para seguir e infernizar a vida das duas vítimas e estas, por sua vez, já tinham a trabalhar para si, nas horas vagas e com meios da polícia, dois inspectores da PJ e dois agentes da PSP, conforme o CM avançou no Verão passado. Serão todos julgados em Lisboa brevemente.

A motivação do professor é mistério: nunca explicou. Segundo fonte policial, "é pura maldade".

Professor, quatro polícias, três detectives, funcionário da Vodafone e da UNICRE (davam informações) estão acusados.

Henrique Machado

segunda-feira, 18 de maio de 2009

De 18 a 29 de Maio Programa de Voluntariado Jovem da Feira de S. João aceita inscrições


A Câmara Municipal de Évora aceita inscrições para o Programa de Voluntariado Jovem da Feira de S. João entre o dia 18 e o dia 29 de Maio, podendo candidatar-se todos os jovens munícipes entre os 18 e os 30 anos, com disponibilidade de tempo adequada à participação nas acções de voluntariado.

As inscrições para este programa devem ser feitas no Serviço de Atendimento da Câmara Municipal de Évora, nos Paços do Concelho, cujo horário é das 09:30 às 12:30 horas e das 14:30 às 17:30 horas.

Os jovens interessados em inscrever-se devem dirigir-se a este serviço e apresentar a seguinte documentação: fotocópia do bilhete de identidade e do cartão de contribuinte e uma fotografia de tipo passe.

Os jovens voluntários da Feira de S. João têm como principais funções disponibilizar informações aos visitantes do certame e prestar apoio às actividades desenvolvidas, as quais são enquadráveis nos domínios da defesa do património cultural, da acção social e sócio-educativa, do apoio à promoção e desenvolvimento da vida associativa e economia local, da defesa do ambiente e bio-diversidade.

Este voluntariado tem a duração de cinco horas diárias, durante todos os dias da Feira de S. João, que este ano se realiza de 19 a 30 de Junho, e inclui a atribuição aos jovens seleccionados uma acção de formação inicial e de uma bolsa para cobertura das despesas de transporte e de alimentação.


domingo, 17 de maio de 2009

Évora festejou neste fim de semana o Dia de Comando da Instrução e Doutrina




Colóquio ÉVORADESPORTO


A Câmara Municipal de Évora vai realizar nos dias 28 e 29 de Maio, o colóquio EVORADESPORTO 2009, uma iniciativa que pretende ser um fórum anual sobre as diversas temáticas do desporto, ao nível regional, e que conta com o apoio da Universidade de Évora.

Com este debate a edilidade procura proporcionar a todos os intervenientes do desporto, quer ao nível do concelho de Évora, quer em termos regionais e nacionais, a possibilidade de usufruir, de um espaço de formação e debate sobre diferentes temas do desporto.

Neste colóquio serão abordadas duas áreas distintas do desporto, designadamente: “Planeamento e Gestão do Desporto” (dia 28 Maio – 5ª Feira) e “Da Formação ao Alto Rendimento” (dia 29 Maio – 6ª Feira).

Todos os interessados em participar deverão efectuar a inscrição, até ao dia 22 de Maio, em:coloquioevoradesporto@gmail.com; Fax: 266 777 112; ou via postal para Câmara Municipal de Évora -Divisão Desporto, Páteo do Salema, Rua Diogo Cão, nº 19, 7000 - 872 ÉVORA.

  -   

sábado, 16 de maio de 2009

Dia dos Museus comemorado no Museu de Évora

Cinema em Maio na SHE

sexta-feira, 15 de maio de 2009

I Triatlo Jovem Comando da Instrução e Doutrina Cidade D’Évora

Realiza-se nos dias 16 e 17 de Maio o I Triatlo Jovem Comando da Instrução e Doutrina Cidade D’Évora organizado pelo Comando da Instrução e Doutrina em parceira com a Federação de Triatlo de Portugal. É de louvar o facto de o valor das inscrições ser pago em géneros alimentícios que serão entregues à Delegação do Banco Alimentar para a Fome de Évora.

O Encontro Nacional Jovem destaca-se pelo facto de ser mais que uma prova Desportiva pois serão várias as actividades lúdicas em que o convívio será a dominante do encontro.

No Sábado dia 16 pelas 13h40 realiza-se o desfile dos atletas dos clubes presentes no encontro, que será um dos pontos altos do evento.

A partida para as provas será dada junto do complexo das Piscinas Municipais de Évora.

O NCBB - Equipa de Triatlo do Núcleo de Ciclismo da Baixa da Banheira, irá estar presente.

Dia 16 tem início às 10h30 a prova jovem "Projecto Escolas do Distrito de Évora" em que se destaca a competição por equipas, sendo cada uma constituída por três elementos e em que cada atleta percorre as seguintes distâncias:

1.º Agrupamento (equipas de 3 Benjamins e/ou Infantis): 
50 metros de natação (1 volta) 900 metros de BTT (1 volta) 360 metros de corrida (1 volta)

2.º Agrupamento (equipas de 3 Iniciados e/ou Juvenis): 
200 metros de natação (1 volta) 3500 metros de BTT (1 volta) 1078 metros de corrida (1 volta)

Horários:
09:00 às 10:00 - Secretariado para a prova jovem do“ Projecto Escolas do Distrito de Évora”
09:10 às 10:10 - Verificação técnica de material e colocação do mesmo no Parque de Transição (PT) para
os atletas da Prova Jovem “Projecto Escolas do Distrito de Évora”.
10:20 - Hora limite de permanência de atletas no PT
10:30 - Início da Prova Jovem “Projecto Escolas do Distrito de Évora”

Campeonato Nacional Jovem Individual
Horários:
12:30 às 13:30 - Secretariado
12:40 às 13:40 - Verificação técnica de material e colocação do mesmo no PT para os atletas da Prova
Jovem do Encontro Nacional e para a prova do Circuito Regional Sul
13:40- Hora limite de permanência de atletas no PT
Obrigatoriamente todos os atletas terão de se apresentar devidamente equipados.
14:00 - Início do Triatlo Jovem

As distâncias da prova por escalões são:

Benjamins - 50 metros de natação (1volta) 900 metros BTT (1 volta) e 360 metros de corrida (1volta)
Infantis - 100 metros de natação (1volta) 1800 metros de BTT (2 voltas) e 750 metros de corrida (1volta)
Iniciados - 200 metros de natação (1 voltas) 3500 metros de BTT (1 voltas) e 1078 metros de corrida (1volta)
Juvenis - 300 metros de natação (2 voltas) 7000 metros de BTT (2 voltas) e 1950 metros de corrida (1 volta)

Circuito Regional Sul
Horários:
12:30 às 13:30 - Secretariado
12:40 às 13:40 - Verificação técnica de material e colocação do mesmo no PT para os atletas da Prova
Jovem do Encontro Nacional e para a prova do Circuito Regional Sul
13:40- Hora limite de permanência de atletas no PT
Obrigatoriamente todos os atletas terão de se apresentar devidamente equipados.
17:00 - Início do Triatlo do Circuito Regional Sul

As distâncias da prova são:

300 metros de natação (2 voltas) 7000 metros de BTT (2 voltas) e 1950 metros de corrida (1 volta)

A descrição pormenorizada dos percursos pode ser consultada no link ou no sítio da Federação de Triatlo de Portugal.

Entrega de Prémios 19h00
20h00 - Jantar na Mata das Piscinas com a actuação prevista das Tunas de Évora durante o jantar
21h00 - Teatro - Mini Peça representada por um grupo de teatro local


Domingo, dia 17
Realiza-se a prova relativa ao Campeonato Nacional Jovem por Equipas (só para os atletas do Encontro Nacional Jovem). Apresenta o mesmo esquema e distâncias que a prova jovem "Projecto Escolas do Distrito de Évora". 

Horários:
8:00 - Pequeno-almoço (a cargo da organização, será servido nas Piscinas)

9:00 às 10:00 - Secretariado
9:10 às 10:10 - Verificação técnica e colocação do material no PT
10:20 - Hora limite de permanência de atletas no PT
10:30 - Início do Campeonato Nacional Jovem (prova por equipas)

12.30 - Entrega dos prémios do Encontro Nacional Jovem e Encerramento do evento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...