quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Acidentes provocam 18 mortes nas estradas de Évora

Dezoito pessoas morreram nas estradas do distrito de Évora nos primeiros oito meses deste ano, menos duas do que em período homólogo do ano passado, segundo dados divulgados pelo Governo Civil de Évora.
Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) relativos ao distrito referem-se ao período entre 1 de Janeiro e 31 de Agosto deste ano.
Segundo os dados, nos primeiros oito meses deste ano, o número de vítimas mortais em acidentes rodoviários foi de 18, quando no período homólogo do ano passado tinha sido 20.
No que respeita a feridos graves, a tendência foi inversa, com o aumento de 20 vítimas com esse tipo de ferimentos.
Em 2008, até 31 de Agosto, o total de feridos graves no distrito de Évora foi de 35, sendo que, este ano, atingiu os 55.
A Governadora Civil de Évora, Fernanda Ramos, lembrou que “o distrito é atravessado por grandes vias”, como a Auto-Estrada 6 (A6) e estradas nacionais que conduzem ao Algarve.
“Por muito que os alentejanos estejam sensibilizados, nós somos atravessados por muita gente que procura a nossa região e o Algarve, que passam e, por vezes, não estão tão sensibilizados como nós”, disse a representante distrital do Governo. Segundo Fernanda Ramos, o número de acidentes reduziu ligeiramente em Julho e Agosto deste ano, mas, até Junho último, “houve muitos acidentes”.
A Governadora Civil garantiu, no entanto, que “há mais sensibilidade dos condutores, embora ainda haja muito consumo de álcool”.
“Já existe a preocupação de alguns automobilistas de, quando bebem e antes de entrarem para o carro, dirigirem-se às forças de segurança para fazer o teste do álcool”, sustentou Fernanda Ramos, considerando que “é um sintoma de que as acções de sensibilização estão a resultar”.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Dia do Idoso 2009


A Câmara Municipal de Évora assinala o Dia do Idoso de 2009 com a realização de dois bailes e jantares de gala e de dois espectáculos musicais para todos os idosos do Concelho, eventos gratuitos nos quais se podem inscrever todos os maiores de 65 anos, nas respectivas Juntas de Freguesia (para o Baile e Jantar) e nos serviços camarários do Pátio do Salema (para o espectáculo musical).

O primeiro baile e jantar de gala, intitulado “Seniores as Estrelas”, realiza-se no dia 29 de Setembro, a partir das 20 horas, na Arena de Évora e junta as freguesias de Nª Sª de Machede, S. Miguel de Machede, Canaviais, Bacelo, Sª da Saúde, Graça de Divor, Sé e S. Pedro e S. Mamede.

O segundo baile e jantar de gala tem lugar no dia 30 de Setembro, pelas 20 horas, na Arena d’ Évora e agrupa as freguesias de S. Bento do Mato, Nª Sª de Guadalupe, Nª Sª da Boa Fé, S. Sebastião da Giesteira, Torre de Coelheiros, Valverde, Horta das Figueiras, Malagueira, S. Mancos e S. Vicente do Pigeiro.

No dia 1 de Outubro, Dia Internacional do Idoso e da Música, é oferecido aos idosos o programa “Seniores e a Música” que tem início às 15 horas, no Teatro Municipal Garcia de Resende. Actuam os seguintes grupos: Grupo Coral da ARIFM – Associação de Reformados e Idosos da Freguesia da Malagueira; Grupo Coral da AIRB – Associação de Reformados e Idosos do Bacelo; Grupo Coral da AHRIE – Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da Horta das Figueiras; e a Tuna da Universidade Sénior de Évora. Haverá ainda um desfile de moda pela APIR de S. Sebastião da Giesteira e um espectáculo com os fadistas Yola Dinis e Cristiano de Sousa.

A festa não acaba aqui, estando marcada para as 21 horas deste dia, também no Teatro, a actuação do Grupo Coral da ARPIE – Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Évora; das Cantadeiras da ARPIFSS – Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da Freguesia da Sª da Saúde; do Grupo Coral da ARPIHF – Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da Horta das Figueiras e desfile de moda pela APIR de S. Sebastião da Giesteira. Segue-se um espectáculo com os fadistas Isabel de Noronha e David Ventura.

Recepção à Comunidade Educativa

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Universo plástico de Mário Cesariny exposto em Évora

Uma exposição com 46 obras plásticas do poeta e pintor Mário Cesariny, considerado o «grande mestre do Surrealismo» português, está patente desde o dia 25 de Setembro no Fórum Eugénio de Almeida, em Évora.


A mostra disponível ao público até 10 de Janeiro, apresenta trabalhos de Mário Cesariny (1923-2006) do acervo da Fundação Cupertino de Miranda (FCM), de Vila Nova de Famalicão, onde existem o Museu e o Centro de Estudos do Surrealismo.

A iniciativa, que inclui ainda fotografias a preto e branco que retratam o poeta-pintor, da autoria do escultor João Cutileiro, é fruto de uma parceria entre aquela entidade e a Fundação Eugénio de Almeida (FEA), de Évora.

As obras, de 1947 a finais dos anos 90, dividem-se por vários núcleos, como o dedicado à pintura, que inclui trabalhos de carácter experimental e informal, com tinta-da-china e vernizes, explicou hoje à agência Lusa o comissário da mostra, António Gonçalves.

Os desenhos, que têm a figura como centro de representação, as colagens, em que a palavra é articulada com a imagem, e os objectos, de que o artista se apropria através de acasos e os quais transforma, são os outros três núcleos patentes.

Um conjunto de trabalhos que evidencia «o carácter experimental de liberdade e poesia» do universo plástico de Cesariny, «tão intenso quando a sua escrita», afirma a FEA.

Segundo o comissário António Gonçalves, a exposição reúne um «núcleo extenso» das obras do artista, o que dá ao público a oportunidade de descobrir a sua faceta de pintor, para além da mais conhecida, enquanto poeta.

«A mais-valia é podermos mostrar o percurso de um dos grandes autores do Surrealismo a nível nacional e mesmo internacional» e possibilitar um «conhecimento mais profundo» de Cesariny como «um todo», disse.

O comissário destacou que esta é a «primeira vez» que a FCM apresenta uma exposição, «a título individual», do artista, «um dos maiores intervenientes do Surrealismo português» e classificado pelos promotores da exposição como o «grande mestre» desse movimento artístico, em termos nacionais e internacionais.

Outros autores, reconheceu, também «têm uma força enorme» no movimento surrealista, mas Cesariny foi dos que se «manteve fiel a um percurso, a um entendimento mais amplo e a uma vida dentro dessa atitude surrealista».

«O que foi sendo forte no percurso do Mário Cesariny era a forma como ele nos apresentava esse entendimento do surrealismo. Não dentro de uma forma histórica, mas na sua própria atitude, esse sentido de liberdade e essa postura de entendimento da poesia», descreveu António Gonçalves.

E o universo plástico do autor, frisou, é o «reflexo» dessa vivência surrealista: «A sua atitude era mesmo essa, de uma inteligência, de uma luminosidade, de uma liberdade… Quando falo hoje da palavra liberdade, tenho que a associar directamente ao Mário».

A importância de Cesariny para a arte contemporânea em Portugal foi igualmente destacada hoje à Lusa pela secretária-geral da FEA, Maria do Céu Ramos, que o apontou como «o grande surrealista» nacional.

«As artes plásticas foram apenas uma das formas como se expressou. A consistência do seu trabalho e a maneira como viveu a identidade nacional são algo que deve ser partilhado e lembrado, até para reforçar a auto-estima do país», disse.

A iniciativa em Évora inclui ainda, no dia 24 de Novembro, também o Fórum Eugénio de Almeida, os Encontros Mário Cesariny, com uma conferência, leitura de poemas e visita à exposição.

Lusa/SOL

domingo, 27 de setembro de 2009

Legislativas 2009: Resultados no Distrito de Évora

Votantes
61,93%
Votantes: 91.440
Inscritos: 147.649
PS
Partido Socialista
35,01%
32.016 votos
1 mandato(s) para o PS
1
PCP-PEV
CDU - Coligação Democrática Unitária
22,32%
20.413 votos
1 mandato(s) para o PCP-PEV
1
PPD/PSD
Partido Social Democrata
18,99%
17.361 votos
1 mandato(s) para o PPD/PSD
1
B.E.
Bloco de Esquerda
11,12%
10.167 votos
CDS-PP
CDS - Partido Popular
6,41%
5.858 votos
PCTP/MRPP
Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses
2,09%
1.908 votos
MEP
Movimento Esperança Portugal
0,4%
369 votos
PPM
Partido Popular Monárquico
0,32%
294 votos
MMS
Movimento Mérito e Sociedade
0,2%
182 votos
P.N.R.
Partido Nacional Renovador
0,17%
151 votos
MPT-P.H.
FEH - Frente Ecologia e Humanismo
0,17%
154 votos
PND
Nova Democracia
0,16%
149 votos
EM BRANCO
1.53%
1.398 votos
NULOS
1.12%
1.020 votos

Legislativas 2009: Resultados no Concelho de Évora

Votantes
61,61%
Votantes: 29.573
Inscritos: 48.001
PS
Partido Socialista
34,04%
10.067 votos
PPD/PSD
Partido Social Democrata
21,65%
6.402 votos
PCP-PEV
CDU - Coligação Democrática Unitária
17,69%
5.232 votos
B.E.
Bloco de Esquerda
13,08%
3.867 votos
CDS-PP
CDS - Partido Popular
7,55%
2.233 votos
PCTP/MRPP
Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses
1,5%
444 votos
MEP
Movimento Esperança Portugal
0,42%
125 votos
PPM
Partido Popular Monárquico
0,33%
98 votos
MMS
Movimento Mérito e Sociedade
0,27%
81 votos
MPT-P.H.
FEH - Frente Ecologia e Humanismo
0,22%
65 votos
PND
Nova Democracia
0,16%
48 votos
P.N.R.
Partido Nacional Renovador
0,15%
43 votos
EM BRANCO
1.7%
503 votos
NULOS
1.23%
365 votos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...