quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Estrada Redondo/Évora: Colisão entre dois veículos provocou dez feridos ligeiros

 



A EN 254 foi, uma vez mais, cenário de um acidente, perto das 17horas de ontem. Uma colisão de dois veículos passageiros (um ligeiro de cinco lugares e uma carrinha de nove lugares alugada) no sentido Redondo/Évora provocou dez feridos ligeiros, não tendo sido necessário proceder a desencarceramentos.



Nove dos dez sinistrados foram transportados para o Hospital do Espírito Santo de Évora, estando as causas a ser alvo de investigação por parte da Guarda Nacional Republicana. No local estiveram as corporações dos bombeiros voluntários do Redondo e de Évora com 21 elemenos, seis ambulâncias, uma Viatura de Emergência Médica e de Reanimação e GNR.
Em declarações ao "Diário do Sul", a governadora civil de Évora, Fernanda Ramos, que depressa acorreu ao sítio do acidente, explicou "ter-se tratado de uma colisão de duas viaturas, presumindo-se que tenha sido um embate lateral frontal".

 

A viatura ligeira de cinco lugares, de marca Ford, ia a ser conduzida por uma jovem mulher no sentido Redondo/Évora, enquanto que a carrinha Peugeot transportava nove funcionários da Portugal Telecom (PT) para a vila do Redondo para venderem produtos da empresa.
O comandante dos Bombeiros Voluntários do Redondo, Rodrigo Moura afirmou que quando chegaram ao local "deparámonos com duas viaturas, uma capotada e outra semi-capotada, tendo-se procedido a todas as diligências".
Após os feridos terem sido retirados do local e rebocadas as duas viaturas, os bombeiros procederam à limpeza do pavimento, devido aos detritos da colisão.. não tendo sido em momento algum, encerrada a circulação em ambos os sentidos.

 

Instado sobre se este local onde ocorreu o acidente é problemático, o mesmo comandante afirmou que não, "mas nesta estrada, noutros locais, têm ocorrido alguns acidentes ultimamente".
À hora do fecho da edição, fonte do gabinete de comu-nicação do Hospital do Espírito Santo de Évora informou que os nove feridos que tinham dado entrada nesta unidade hospitalar eram todos ligeiros, estando a ser submetidos a exames de vária ordem, "para confirmação dos diagnósticos".




(Notícia no Diário do Sul)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...