sexta-feira, 8 de julho de 2011

Vice-reitor de Évora acusado de plágio

O vice-reitor da Universidade de Évora José Manuel Caetano está a ser alvo de um processo de averiguações por parte da Inspecção-Geral do Ensino Superior (IGES) na sequência de uma acusação de plágio. Na origem do processo estarão alegadas irregularidades nas referências bibliográficas apresentadas pelo catedrático no currículo da prova de agregação defendida perante o júri nos dias 26 e 27 de Novembro de 2009.
Num despacho a que o CM teve acesso, datado de 1 de Junho de 2011, o então ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, solicitou à academia alentejana informação que permita aferir da necessidade de intervenção do ministério sobre o caso em concreto.
Este documento surge no seguimento das recomendações do relatório da Inspecção no sentido de apurar a gravidade das acusações, solicitando inclusive o envio da informação a ser recolhida pela reitoria eborense ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora.
O reitor da Universidade de Évora, Carlos Braumann, confirma as diligências, mas não adianta pormenores por o processo ainda decorrer. "Solicitei parecer que me habilite a apurar a viabilidade jurídica das recomendações do relatório da Inspecção e prestar ao senhor ministro as informações requeridas. Decorre o prazo legal para que o visado se pronuncie. Até lá, não posso pronunciar-me sobre o processo", disse Carlos Braumann.
O CM também tentou obter durante o dia de ontem esclarecimentos sobre este caso junto do professor visado, mas, até à hora de fecho desta edição, não obteve resposta.
José Manuel Caetano é professor da Universidade de Évora na área de Economia e como vice-reitor tem a seu cargo o planeamento, património e finanças da Universidade e a superintendência dos serviços da Reitoria, administrativos, informática e serviços técnicos.

C.Manhã

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...