quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Câmara de Évora dinamizou formação sobre prevenção de crime informático


A Câmara Municipal de Évora organizou esta semana nos Paços do Concelho uma formação sobre prevenção de crime informático, inserida no programa que assinala a abertura do novo ano lectivo e que registou uma significativa participação pública, designadamente de jovens.
Esta formação, a cargo da Directoria de Lisboa e Vale do Tejo da Polícia Judiciária, visou abordar casos reais e identificar medidas preventivas de combate a este tipo de crime, bem como conselhos de segurança. O Inspector alertou para os principais crimes informáticos praticados em Portugal e indicou como o cidadão deve proteger-se e, em especial os mais novos, sendo indispensável que os pais e encarregados de educação estejam sempre atentos.
Por crimes informáticos entendem-se todas as condutas ilícitas praticadas através de meios informáticos, que têm como principais características afectarem tanto a vida pessoal dos cidadãos como a economia nacional, facilitando directa e/ou indirectamente outras actividades criminosas.
A Vereadora da Câmara Municipal de Évora, Cláudia Sousa Pereira, esteve neste evento para dar as boas vindas aos participantes e agradecer a colaboração da Polícia Judiciária, sublinhando a importância desta formação, dado que somos uma Cidade Educadora, sempre aberta ao ensino nas mais variadas áreas do conhecimento e para os mais diversos públicos. Salientou também o valor da parceria que a autarquia vem desenvolvendo com as forças de segurança, através de um conjunto de eventos de significativa utilidade para a comunidade.
Por seu turno, o Inspector mencionou um conjunto de leis onde estão enquadradas as formas de punição dos crimes informáticos e deu vários exemplos de crimes que acontecem hoje, não só através do uso dos computadores, como dos telemóveis, sendo as vítimas das mais variadas idades, inclusive os idosos, que cada vez mais utilizam estes novos meios de comunicação.
Definir uma política de segurança individual e familiar é imprescindível, incidindo esta na protecção do sistema e da informação, tendo sempre atenção aos comportamentos de risco e sabendo discernir o que é boa e má informação.
Explicou igualmente como agir caso tenha sido vítima e a quem reportar as situações, tendo a formação sido ainda animada através de um conjunto de questões de muito interesse global colocadas pelos participantes, às quais o responsável da Polícia Judiciária respondeu de forma muito pronta, clara e concisa.
No âmbito da abertura do novo ano lectivo, salienta-se ainda a cerimónia de boas vindas ao pessoal docente e a apresentação do Projecto Educativo do Património de Évora (PEPE), no próximo dia 13, no Museu de Évora, local onde, no dia 14, decorre também uma homenagem ao pessoal docente e não docente, reformados no ano lectivo de 2010/2011.
Além disto, salienta ainda o programa de observação da natureza: “Um olhar sobre o Alto de S. Bento”, aberto à participação de toda a população, cujas próximas actividades se realizam nos dias 15 e 22 de Outubro, denominadas respectivamente, “Himalaias no Alentejo” e “Bosques Mediterrânicos”. Tratam-se de actividades que visam divulgar as ciências naturais, tirando partido das grandes valências do património natural do Alto de S. Bento e da existência de laboratórios nos moinhos, que poderão apoiar as observações de campo.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...