sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Câmara de Évora distinguida pelas suas boas práticas de sustentabilidade


A Vereadora da Câmara Municipal de Évora, Cláudia Sousa Pereira, participou no dia 29 de Setembro, na cerimónia de entrega do galardão Eco XXI 2011, que teve lugar no Teatro-Cine de Pombal, tendo a autarquia eborense sido distinguida uma vez mais com a Bandeira Verde Eco XXI 2011 e respectiva medalha pelo seu trabalho e boas práticas de desenvolvimento sustentável.

Nesta cerimónia, organizada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), com o apoio do Município de Pombal, foi também realizado um sorteio entre os representantes dos municípios presentes, tendo a Vereadora Cláudia Sousa Pereira sido contemplada pela ABAE e EfraEnergy, com um cheque-oferta, no valor de 10 mil euros, que permitirá à Câmara pôr em prática um projecto de consultoria na área da gestão energética num edifício municipal.

“Este galardão, que nos coloca entre os melhores, é um incentivo aos serviços da autarquia para que continuem a trabalhar no caminho da sustentabilidade e também um motivo para que os munícipes colaborem em todo esse trabalho e esforço da autarquia para melhorar o ambiente e tornar Évora melhor”, considerou a Vereadora, satisfeita também por ter obtido, através da sua presença, o prémio de participação na área da gestão energética.

“O prémio vai permitir ao Município lidar com a questão da eficiência energética num edifício municipal, possibilitando-nos conhecer a situação e tomar medidas para o tornar mais sustentável”, explicou ainda a autarca à margem da cerimónia.

A sessão de abertura do evento contou com a presença do Presidente do Município de Pombal, Narciso Mota, de Francisco Teixeira, da Agência Portuguesa do Ambiente e de José Archer, Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa, tendo a apresentação dos resultados do Eco XXI 2011 sido feita por Margarida Gomes, a Coordenadora Nacional do referido projecto.

Decorreram ainda apresentações temáticas dos municípios da Maia, Torres Vedras, Cascais, Beja, Águeda e Pombal, seguindo-se a entrega dos prémios anuais de participação 2011 e dos galardões EcoXXI 2011.

Segundo a ABAE, este ano 86% dos municípios candidatos poderão hastear a Bandeira Verde Eco XXI 2011, o que significa que conseguiram pontuar acima dos 50% da pontuação máxima possível do índice de sustentabilidade.

O projecto Eco XXI, destinado aos municípios, visa distinguir as boas práticas, políticas e acções feitas em prol da sustentabilidade local, com especial ênfase no que respeita à qualidade ambiental e às práticas de educação para a sustentabilidade.

Foi lançado em 2005 como forma de assinalar a Década da Educação para a Sustentabilidade (Nações Unidas) e é inspirado nos objectivos da Agenda 21. Através de 23 indicadores e diversos sub-indicadores, uma Comissão Nacional avalia, seguindo critérios científicos rigorosos, as diversas vertentes da sustentabilidade, desde a gestão dos recursos, à informação aos munícipes, passando pela energia, mobilidade, floresta, resíduos, turismo, ordenamento do território, qualidade do ar e da água, agricultura sustentável, emprego, cidadania, ordenamento do território e educação e sensibilização ambiental, entre outros.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...