quinta-feira, 31 de maio de 2012

Mulher morre num atropelamento seguido de esfaqueamento

Uma mulher morreu e uma irmã ficou ferida em estado grave na sequência de um atropelamento, seguido de esfaqueamento, alegadamente por um familiar, na quarta-feira à noite em Évora, disseram fontes dos bombeiros e da polícia.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou à agência Lusa que "o atropelamento, por um veículo ligeiro de passageiros, seguido de esfaqueamento", provocou ferimentos graves em duas mulheres, que foram transportadas para o Hospital Distrital de Évora.

Segundo fonte do Hospital de Évora, uma das mulheres, de 51 anos, morreu naquela unidade hospitalar e uma irmã, de 44, "está a ser observada" pelos médicos.

Também uma fonte da PSP de Évora confirmou a ocorrência de um "atropelamento, seguido de esfaqueamento", indicando que as duas vítimas e o alegado agressor "são familiares", devendo a desavença estar relacionada com "questões familiares".

O alegado agressor pôs-se em fuga e está a ser procurado pelas autoridades, segundo a fonte da polícia.

Fonte dos bombeiros disse que uma das vítimas seguiu para o hospital em "manobras de reanimação".

Segundo a fonte do CDOS, o atropelamento seguido de esfaqueamento às vítimas, ocorreu na Rua Dr. César Baptista, no Bairro do Bacelo, na periferia da cidade, e o alerta foi recebido às 21.18 horas.

Prestaram socorro às vítimas, segundo a fonte do CDOS, cinco bombeiros da corporação de Évora, apoiados por duas ambulâncias, e uma viatura médica de emergência e reanimação.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...