sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Câmara de Évora entregou Galardão Eco-Escolas




A Vereadora da Câmara Municipal de Évora, Cláudia Sousa Pereira, acompanhada da Chefe de Divisão de Gestão de Equipamentos de Ação Educativa, Helena Ferro, deslocou-se esta semana às escolas para entregar o Galardão Eco escolas 2012, que a autarquia recebeu recentemente numa cerimónia que a Associação Bandeira Azul da Europa realizou em Gondomar.

O Galardão consistiu na Bandeira Verde e no certificado que atesta que a referida escola obteve o título de Eco escola em reconhecimento do trabalho desenvolvido no ano letivo de 2011/2012 em benefício do ambiente e sustentabilidade.

De acordo com a Associação que em Portugal é responsável por este prémio, o Eco escolas é um programa internacional da Foundation for Environmental Education, desenvolvido em Portugal desde 1996, que visa encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental/EDS.

Fornece fundamentalmente metodologia, formação, materiais pedagógicos, apoio e enquadramento ao trabalho desenvolvido pela escola. Depois de inscritas, as escolas da rede recebem um conjunto de informações e orientações facilitadoras da implementação do programa. Diversas autarquias apoiam este programa, entre elas a Câmara de Évora, e com ele as escolas participantes do seu concelho.

No ano letivo de 2011/2012, inscreveram-se no concelho de Évora 12 escolas, tendo recebido o galardão seis destas: EBI/JI da Malagueira; EBI André de Resende; EB 2,3 Conde Vilalva, EB1 da Comenda, EB 2,3 de Santa Clara e Centro de Atividade Infantil de Évora.

À margem da visita, a Vereadora Cláudia Sousa Pereira falou da importância deste programa, nomeadamente pelo facto de “ter já uma certa monitorização, ou seja não é um galardão que é atribuído por critérios vagos, nem superficiais, é efetivamente atribuído porque naqueles locais a prática ecológica se cumpre - há preocupação com atitudes ecológicas e cívicas”.  

Destacou ainda uma vantagem mencionada pelas escolas que aderiram e muito importante nos dias que correm, que incide na vantagem da sustentabilidade não ser só ambiental, mas também económica, indicando por exemplo que “só na aquisição de materiais de desgaste, com o aproveitamento de cartão, de plástico, enfim de tudo aquilo que à partida seria considerado lixo, poupa-se imenso no material que depois se transforma em material pedagógico”.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...