terça-feira, 16 de outubro de 2012

Évora Perdida no Tempo - Aguadeiros no largo de S. Mamede


Autor Desconhecido/ não identificado
Data Fotografia 1900 - 1940
Legenda Aguadeiros no largo de S. Mamede
Cota CME0272 - Propriedade Arquivo Fotográfico CME

2 comentários:

Anónimo disse...

Deixando de lado a Câmara Municipal... Bom seria que os eborenses olhassem para a Santa Casa da Misericórdia, e prestassem atenção a essa instituição local, velha de cinco séculos, e em sérios riscos de naufragar por força da incapacidade e corrupção de duas múmias chupistas, que se eternizam no poder para desgraça da velha casa.
Torna-se necessária uma rápida mobilização da sociedade eborense, com vista a uma limpeza e renovação dos corpos gerentes, seguida de uma intervenção rigorosa para apurar da verdadeira situação económica e dos compromissos ruinosos de quem tem dirigido a instituição em benefício próprio. Não se pode contemporizar mais com uma situação desastrosa, em que tudo dá prejuízos, desde os lares à farmácia, passando pela creche, enquanto dois octogenários senis vão aproveitando para se servirem como se fossem os donos de tudo.
Évora merece uma Misericórdia melhor.

Antonio Severo disse...

Peço desculpa mas a legenda está incorrecta, os aguadeiros situam-se no largo do chão das covas.
Ao fundo é possível visualizar a travessa que conduz á Travessa do Passarinho assim como a serração que lá existe apesar de ainda não ter o 1º andar, assim como em 1º plano pode se ver a entrada para a caixa de água existente no largo e acopulada ao aqueduto ela é facilmente identificável através dos degraus existentes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...