quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

O Teatro Garcia de Resende ...


Em 1880 alguns sócios do "Círculo Eborenese" lembraram-se de dotar a cidade de Évora com um teatro, e para esse fim organizou-se uma sociedade com o título de "Companhia Eborense" com o capital de 20.000$000 réis realizável por meio de acções.

Para a direcção desta sociedade foram eleitos Thomaz Fiel Gomes Ramalho, José Maria Ramalho Diniz Perdigão, Domingos António Fiuza, Joaquim Esquível e Ignacio Ferreira. Subscrito o capital começou por ser organizada a comissão técnica que devia dirigir os trabalhos, liderada pelo engenheiro Adriano da Silva Monteiro e por mais quatro engenheiros de obras públicas do distrito de Évora. O terreno escolhido para a construção do teatro foi uma das hortas junto à Praça de D. Pedro, pertença do Conde da Costa, terreno de 3.000 metros quadrados que cedeu a troco duma renda anual de 15$000 réis.

A 16 de Abril de 1881 tiveram início as obras de construção, liderada pelo mestre construtor Manoel de Oliveira e Silva, e contando com a colaboração dos mestres António Joaquim Tabuco e o carpinteiro Olympio de Mira Coelho. Os trabalhos foram seguindo com rapidez até que em finais de 1881 os recursos financeiros da sociedade construtora estavam quase esgotados, o que depois dum abrandamento levou mesmo à paragem das obras.

Apesar do reforço de capital de 18.000$000 réis do abastado lavrador José Maria Ramalho Perdigão era necessário reforçar o capital da sociedade com uma segunda emissão de acções no valor de 20.000$000 réis que não foi bem sucedida. Em consequência deste facto as obras estiveram paradas até 1888, ano em que recomeçaram graças ao financiamento ofertado pelo Dr. Francisco Eduardo de Barahona Fragoso e que permitiu concluir as obras. A este facto não foi decerto estranha a influência de sua esposa D. Ignacia Ramalho de Barahona viúva de José Maria Ramalho Perdigão, que como foi dito, principal interveniente e que mais contribuiu da sua bolsa para a construção do Teatro.

Os acabamentos seriam, aliás, influenciados pelo seu gosto requintado, pois contrataram, para o efeito, uma equipa de pintores e artífices de grande qualidade. Luigi Manini, cenógrafo titular do Teatro Nacional de São Carlos, colaborou na dotação do cenário e na realização do pano de boca. A parte decorativa da sala de espectáculos incluindo o pano de boca, foi confiada aos pintores António Ramalho e João Vaz.

O tecto da sala foi pintado por António Ramalho e é alegórico, vendo-se por entre as nuvens as musas e génios da poesia que cercam a tragédia e a comédia, e no meio do tecto a esfera armilar de El-rei D. Manuel, em que está escrito o nome de Garcia de Rezende, poeta, cronista de D. João II, autor do projecto da "Torre de Belém"  e natural de Évora, onde faleceu no seu solar de Selbarosos.

Quando concluído era uma das melhores salas de espectáculos do país.Tinha 3 ordens de camarotes. A plateia tinha 98 lugares na superior; e 200 na geral; A lotação total não excedia os 400 lugares distribuídos por plateia, frisas, camarotes de primeira ordem, camarotes de segunda ordem e galinheiro.

Em reunião solene da Câmara Municipal de Évora em 11 de Abril de 1892 é lavrada a seguinte acta: 

"A camara municipal d'esta cidade, interpretando o sentimento de subido reconhecimento do povo que representa, para com o exmo. dr. Francisco Eduardo de Barahona Fragoso e sua exma. esposa D. Ignacia Angelica Fernandes Ramalho de Barahona, pelo acto de notavel bizarria e amor civico a esta cidade demonstrado com a conclusão do theatro Garcia de Rezende, que nos seu genero é um dos primeiros edificios do paiz, resolve consignar na acta d'esta sessão o seu profundo reconhecimento áquelles benemeritos cidadãos pelo donativo feito á cidade de Évora, esperando que se dignarão continuar a auxilia-la em tudo que possa concorrer para o seu engrandecimento moral e material. Resolve mais esta camara tirar a copia d'esta parte da acta, para officialmente a ir entregar nas mão d'aquelles dignos benemeritos cidadãos. A inauguração do "Theatro Garcia de Rezende" teve lugar a 1 de Junho de 1892, á qual assistiu o infante D. Afonso, tendo sido representadas a comédia-drama "O Íntimo” de Eduardo Schwalbach, e a comédia "O Sub Perfeito", pela companhia do Teatro D. Maria II que foi especialmente convidada pela municipalidade de Évora para este acontecimento, dando além desta récita mais cinco."

Em 1941, um vendaval destelhou o "Teatro Garcia de Rezende" e, tendo permanecido assim durante todo o Inverno, as pinturas foram danificadas. Para além disso, durante os trabalhos de recuperação foi roubado o revestimento interior em chumbo da cobertura, que garantia o isolamento térmico e acústico. Em 1943, a Câmara Municipal de Évora arrendou-o a empresas cinematográficas para cinema, teatro, concertos e bailes , autorizando alterações na plateia, que foi descaracterizada.


Entre 1966 e 1969 são realizadas obras com subsídio da Fundação Calouste Gulbenkian em que, baseado num projecto do arquitecto Rui do Couto, se altera profundamente a fachada e quase todo o alçado Norte e Sul. Uma intervenção desastrada alterou irremediavelmente a sua imagem original (fachada principal). O "Teatro Garcia de Resende" chegou a ser utilizado como depósito de lixo, até que, em 1975, foi ocupado pelo "Centro Cultural de Évora", que a partir dali deu início à primeira experiência de descentralização teatral. Mas depois de profundas reformas levadas a cabo pelo município nos últimos 20 anos, mantém-se hoje como um espaço cultural de referência, gerido pelo "CENDREV - Centro Dramático de Évora".

Informação retirada daqui

sábado, 27 de dezembro de 2014

"Raíz" de Marta Marques


"Raíz" de Marta Marques
até 31 de janeiro 2015 - r/c Palácio D. Manuel
segunda a sexta-feira -10:00-12:00 | 13:00-17:00. Sábados das 13:00 - 17:00. 
   
Nasceu em Évora em 1978 e após ingressar na Faculdade de Belas artes da Universidade de Lisboa licenciou-se em pintura no ano de 2005 e posteriormente concluiu o mestrado em 2011. Participa em exposições individuais e coletivas desde 2000.

Organização: Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266777000 | cmevora@cm-evora.pt
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

“Continuação”, de Fernando D´F Pereira


“Continuação”, de Fernando D´F Pereira
até 17 de janeiro - Palácio de D. Manuel (Jardim Público)
aberta de segunda a sexta-feira: 10:00-12:00 | 13:00-17:00 | sábado - 13:00-17:00 
 
Exposição de pintura sob plexiglass, desenho sob papel crochet e escultura, por Fernando d´F Pereira. Nasceu em Lisboa, vive e trabalha entre Alemanha e Portugal. Inicia um périplo pela Europa, desde o sul de Espanha, expondo em Marbella e Paris (onde estuda e trabalha no Atelier de Du Buffet). Realizou trabalhos de Publicidade na Alemanha e Cartoons para os jornais IBP e “Computer World Zeitung” na Suíça (Peter Doeberl), em simultâneo com intensa atividade expositiva. A sua pintura é influenciada pelo expressionismo alemão, muito embora a considere de inspiração surrealista e simbolista. A sua obra foi objeto de estudo e análise por críticos e historiadores de arte.

Organização: Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266 777 000 | cmevora@cm-evora.pt
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

"Perdidos em Évora" na Galeria da Fundação INATEL


"Perdidos em Évora" (fotografia)
até 31 de dezembro -  Galeria da Fundação INATEL (Rua Serpa Pinto, 6)
Horário: 17:00-22:00 | sábado: 10:00-13:00
   
Perdermo-nos num espaço que conhecemos, pode ser o ponto de partida para a sua redescoberta, para a sua reinvenção. Um espaço reconstruído onde o comum nos surpreende e o diferente é reencontro. As imagens fotográficas são sempre um véu sobre o “real”, sobre o qual se reconstroem as memórias de quem as vê. Que Évora irá encontrar cada um dos futuros visitantes desta exposição? Fotografias de Beatriz Rocha, Carla Fernandes, David Rebocho, Joana Fernandes, Joaquim Carrapato, Mário Crista, Nuno Camelo, Rui Diogo Castela e Telmo Rocha. Curadoria de Carlos Gasparinho.
 
Organização: Fundação INATEL | Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266 730 523
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

“Museografia”, de Rodrigo Bettencourt da Câmara


“Museografia”, de Rodrigo Bettencourt da Câmara
Até 4 de janeiro de 2015 - Museu de Évora (Largo Conde de Vila Flor)
terça-feira a domingo: 10:00-12:30 | 14:00-17:00
 
A exposição “Museografia”, do artista português Rodrigo Bettencourt da Câmara, surge a pretexto da comemoração dos 200 anos da morte de D. Frei Manuel do Cenáculo e propõe um olhar – em larga escala – a algumas das peças que integram o acervo do museu de Évora. Este projeto fotográfico constitui-se como um olhar atento sobre a diversidade de objetos de pequenas dimensões que compõem o espólio desta instituição.

Organização: Trienal no Alentejo
Apoios: Museu de Évora
Contacto: 966 816 785 | ana.marques@trienal-alentejo.com

Informação retirada daqui

domingo, 21 de dezembro de 2014

"Évora e o Cante"


"Évora e o Cante"
até 31 de dezembro - Teatro Garcia de Resende (Pç. Joaquim Ant.º d'Aguiar)
dias úteis: 9:30-13:00 | 14:00-17:30
 
Exposição de fotografia no âmbito da comemoração da classificação do Cante Alentejano como Património da Humanidade. Fotografias de Carlos Gasparinho, Luís Garcia, Rui Diogo Castela e Telmo Rocha. O programa de inauguração inclui a apresentação da brochura "Évora e o Cante, Patrimónios da Humanidade" e participação dos Cantares de Évora.

Organização: Câmara Municipal de Évora
Apoios: CENDREV
Contacto: 266 703 112 | geral@cendrev.com
Web page: http://www.cendrev.com
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

sábado, 20 de dezembro de 2014

Concerto de Natal pela Banda Filarmónica da Casa do Povo de Nossa Senhora de Machede


Concerto de Natal pela Banda Filarmónica da Casa do Povo de Nossa Senhora de Machede
20 de dezembro -  Igreja de Santa Maria de Machede em Nossa Senhora de Machede - 21:30
   
Concerto de Natal associado à Associação Pão e Paz. Pedimos que doem um género alimentar para a Associação.

Organização: Banda Filarmónica da Casa do Povo de Nossa Senhora de Machede
Apoios: Paróquia, Cantares
Contacto: 933248747 | bfmachede1907@gmail.com
Inf. Extra: Doar um género alimentar

Informação retirada daqui

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Bonecos de Santo Aleixo - “Auto do Nascimento do Menino Jesus”


Bonecos de Santo Aleixo - “Auto do Nascimento do Menino Jesus”
até 20 de dezembro -  Biblioteca Pública de Évora - 18:30
   
Os Bonecos de Santo Aleixo são realizados em madeira e cortiça, medem entre 20 e 40 centímetros de altura e são vestidos com um guarda-roupa que permite, como no teatro naturalista, identificar as personagens da fábula contada. A música (guitarra portuguesa) e as cantigas são executadas ao vivo. Os textos, transmitidos oralmente, resultam de uma fusão entre a cultura popular e uma escrita erudita. Os Bonecos de Santo Aleixo, propriedade do Centro Dramático de Évora, são manipulados por “uma família”, constituída por atores profissionais, que garantem a permanência do espetáculo, assegurando assim a continuidade desta expressão artística alentejana. Atores Manipuladores: Ana Meira, Gil Salgueiro Nave, Isabel Bilou, José Russo e Victor Zambujo.

Organização: CENDREV
Apoios: INAlentejo 2007/2013 | Câmara Municipal de Évora | Diário do Sul | Rádio Telefonia
Contacto: 266 703 112 | geral@cendrev.com
Inf. Extra: Preço: 4 €. (funciona o cartão PassaporTeatro estudante e o cartão PassaporTeatro Sénior). 
Reservas: 266 703 112 | 266 769 330.

Informação retirada daqui

Concerto de Natal - Associação Filarmónica “Liberalitas Julia”


Concerto de Natal - Associação Filarmónica “Liberalitas Julia”
22 de dezembro - Teatro Garcia de Resende (Pç. Joaquim Ant.º d'Aguiar) -  21:30
 
A Associação Filarmónica “Liberalitas Julia”, fundada em 7 de Junho de 2010, veio preencher a lacuna da inexistência de uma filarmónica na sede do concelho de Évora. Na Associação os cidadãos eborenses têm a oportunidade de aprender música como hobby e fazerem parte de um agrupamento musical da nossa cidade. A banda é composta por 35 elementos, entre os 10 e os 86 anos, um leque de idades bem aberto, que permite a todos a convivência entre várias gerações, onde a experiência de cada um é posta em prática para o bem comum da associação. (duração: 90 min. | M/4)

Organização: Associação Filarmónica “Liberalitas Julia”
Apoios: Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266 703 112 | geral@cendrev.com
Web page: http://www.cendrev.com
Inf. Extra: Entrada Livre

Notícia retirada daqui

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

"Cultiva o que é bom" no Art Café


Cultiva o que é bom
18 a 23 dezembro - Art Café - Inatel Évora - 16h00
   
O Art Café em Évora, vai realizar dias 18, 19, 20, 21 e 23 do mês de Dezembro 2014, com início às 16h00, atividades de âmbito cultural de forma a dinamizar o espirito natalício. Dia 18 às 22h - Little Garden, performance de Márcio Pereira; Dia 19 às 22h - Garoupas de Ipanema Dia 20 às 16h - música com Sérgio Dia 20 às 22h - Pequena Valsa, de André Russo Dia 21 às 16h - Espaguete & Pitú (Palhaços) Dia 23 às 22h - Estrela da Alvorada

Organização: Art Café
Apoios: Inatel Évora
Inf. Extra: Entrada livre

Informação retirada daqui

Que escondes tu? teatro para tod@s


Que escondes tu? teatro para tod@s
até 28 de dezembro - Igreja de São Vicente
Sessões para escolas: 16 a 23 Dezembro segunda a sexta, 10:30 
Sessões para público familiar: 20 e 21 Dezembro 27 e 28 Dezembro 
sábados às 16:30 domingos às 11:00
 
Que Escondes Tu?” é um espetáculo criado para relançar a esperança, para valorizar o encontro criativo entre as pessoas, para estimular o desejo de comunicar o que nos vai na alma. Um espetáculo em «técnica mista» com recurso à comédia, à poesia, ao teatro físico e às marionetas. Temporada PIM/Inverno 2014 em parceria com a Colecção B com nova criação [pim] à Igreja de São Vicente!

Organização: Colecção B | PIM Teatro
Apoios: Direção Regional de Cultura do Alentejo
Contacto: 965 529 610 | producao@pimteatro.pt
Inf. Extra: Preço - bilhetes público escolar: 3€ | bilhetes público familiar: 3€ crianças e 5€ adultos | grupos/famílias (5 pessoas) 3€

“Directum” no Teatro Garcia de Resende


“Directum”
19 de dezembro - Teatro Garcia de Resende - 21:30
 
“Directum” é um trabalho para saxofone, percussões e eletrónica (máquina de loop). Corrado Floriddia convidou Rui Gonçalves para esta nova experiência em 2007, depois de centenas de concertos executados juntos, com os “Macacos das Ruas”, “4eto Jazz” e “FunkTroika”, entre outros, “Directum”, performativo, acústico-eletrónico, é a viagem entre standard de Jazz como “AllBlues” e “Night in Tunísia”, que são intercaladas com cantos populares italianos-portugueses. “Chaves de Sax em Feed Back” também dão espaço a momentos completos de improviso procurando ambientes naturais paisagistas, sem usar os instrumentos propriamente de forma tradicional. (Corrado Floriddia, saxofone | Rui Gonçalves | percussão e eletrónica | duração: 60 min. | M/12)

Organização: Câmara Municipal de Évora
Apoios: CENDREV
Contacto: 266 703 112 | geral@cendrev.com
Inf. Extra: Preço - 8€

Informação retirada daqui

domingo, 7 de dezembro de 2014

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

"Let´s Dance" na Casa da Zorra


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Polaroid Park


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

ORNIÉVORA 2014


ORNIÉVORA 2014
15 e 16 de novembro - Salão do Grupo Desportivo do Bairro de Stº António
 15 NOV. SÁBADO - 9:00-21:00 | 16 NOV. DOMINGO - 9:00-18:00
   
A Secção Ornitológica de Évora anualmente leva a efeito a exposição de aves denominada "ORNIÉVORA". Este ano estarão expostas uma grande variedade de aves, todas elas criadas em cativeiro. A todos os visitantes que mostrem interesse, os expositores criadores estão disponíveis para prestar informação sobre como cuidar corretamente das aves, da sua alimentação, mantendo a ave saudável. Poderá ainda adquirir uma ave, como animal de estimação, de entre as muitas raças expostas.
 
Organização: Secção Ornitológica de Évora
Apoios: Câmara Municipal de Évora | BC Agro Produtos Agropecuários Ldª | Francisca Batista Viveiros de Plantas Ornamentais
Contacto: 966 743 636 | soe.passarinhos@gmail.com
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Concerto "Dois ou Três nas Cordas"


Concerto "Dois ou Três nas Cordas"
 15 de novembro -  Casa da Zorra (Rua Serpa Pinto, 78) -  22:00
   
Trio de guitarras acústicas, composto por António Moreira, Carlos Moreira e João Avelar, que interpretam através de arranjos próprios, temas conhecidos ligados ao jazz, bossa, flamenco e música ligeira.

Organização: Zorra Produções Artísticas
Contacto: 266 746 257 | 964 144 716 | zorra.producoes.arte@gmail.com

Informação retirada daqui


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Encontros de Cante Alentejano


Encontros de Cante Alentejano
 Às Terças-Feiras - Sala dos Leões da Câmara Municipal de Évora -  20:00-21:00
 
Um encontro informal que reúne pessoas à volta do cante alentejano. Venha cantar ou apenas ouvir. Orientação de Mestre Soares.

Organização: Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266 777 000 | cmevora@cm-evora.pt
Web page: http://www.cm-evora.pt
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Cinema na Casa da Zorra


Programa da Casa da Zorra para este mês


"Crescer em Grupo" na Casa da Zorra


“Onde é que eu já vi isto, perguntou ele”, Rui Pina Coelho


“Onde é que eu já vi isto, perguntou ele”, Rui Pina Coelho
até 23 de novembro -  Teatro Garcia de Resende (Pç. Joaquim Ant.º d'Aguiar)
quarta a sábado - 21:30 | domingos - 16:00

John Osborne, em Déjá Vu, uma peça de 1992, voltava às revoltadas personagens de Look Back in Anger, o texto que em 1956 parecia ter incendiado o teatro em Inglaterra para sempre. Trinta e seis anos depois, Osborne encontrava Jimmy Porter, o jovem revoltado por excelência, mais velho, mais céptico e mais cansado. Da mesma maneira, “Onde é que eu já vi isto, perguntou ele” regressa a “Já passaram quantos anos, perguntou ele”, um texto que, por sua vez, recriava “Look Back in Anger” situando a revolta de Osborne no Portugal de 2011 e nas incertezas – laborais e amorosas – de um quarteto de amigos. “Onde é que eu já vi isto, perguntou ele” volta a encontrar as personagens de “Já passaram…” mais velhas, mais cépticas e mais cansadas. São, agora, atores de meia-idade, artistas que insistem numa arte que parece não ter real valor num mundo dominado pela linguagem das finanças. Assim, cruzando um complicado conjunto de citações, desde a peça do dramaturgo eborense Manuel Peres, O grito na charneca, aos comentários dos ensaístas Terry Eagleton ou Anselm Jappe sobre Karl Marx, este é um texto sobre arte, sobre trabalho, sobre marxismo, sobre resistência cívica. É também um texto sobre emigração e sobre a opressão que o capital exerce sobre os indivíduos. É, em suma, uma homenagem ao trabalho de uma companhia de teatro. (Autor: Rui Pina Coelho | Dramaturgia: Rui Pina Coelho | Encenação: José Russo | Cenografia e Figurinos: Rita Abreu | Iluminação: Pedro Bilou | Interpretação: Ana Meira, José Russo e Rui Nuno | Canção: Versão, concertina e voz de Luis Correia Carmelo (Original de Leonard Cohen) | Gravação: André Capela | Direção Técnica: António Rebocho | Construção e Montagem de Cenário: Tomé Baixinho, Tomé Antas e Paulo Carocho | Produção: Cláudia Silvano | Fotografia: Paulo Nuno Silva | Design Gráfico: Milideias Comunicação Visual Ldª) (duração: 80 min. | M/12)

Organização: Produção: CENDREV
Apoios: Câmara Municipal de Évora | jornal Registo | Diário do Sul | Rádio Telefonia do Alentejo
Contacto: 266 703 112 | geral@cendrev.com
Inf. Extra: Preço normal: 4€ | Funciona o cartão PassaporTeatro Estudante e o cartão PassaporTeatro Sénior.

Informação retirada daqui

domingo, 9 de novembro de 2014

Música nas Igrejas - Concertos de Órgã


Música nas Igrejas - Concertos de Órgão
9 de novembro - Catedral da Sé de Évora - 16:30
 
Concerto de Órgão por Jean Ferrard. Esta é a 3.ª edição do ciclo Música nas Igrejas - Concertos de Órgão, que teve início em outubro último, no âmbito das comemorações do Mês da Música, e se prolonga até dezembro. No total serão realizados 12 concertos, nas três catedrais e diversas igrejas da região Alentejo.

Organização: Direção Regional de Cultura do Alentejo | Cabido da Sé de Évora | Paróquia de S. Pedro (Évora)
Apoios: Municípios de Alvito, Arronches, Beja, Vila Viçosa, Portalegre e Ferreira do Alentejo | Paróquia de Ferreira do Alentejo | Seminário de Beja | Comando de Instrução e Doutrina de Évora
Contacto: 266 769 450 | info@cultura-alentejo.pt

Informação retirada daqui

sábado, 8 de novembro de 2014

Chá de Chuva


Chá de Chuva
8 de novembro - Espaço Celeiros (Rua do Eborim, 16) -  22:00
 
A partir do "quase nada", o coletivo IMPROVISÓRIO inventa um espetáculo de música corporal com predominância da voz. Harmonias, ritmos e melodias em busca de um sentido que una público e músicos num só corpo. De instantes únicos, movimentos tirados do nada, que parecem perpétuos e interação aconchegante, é um chá de chuva. IMPROVISÓRIO é um coletivo de músicos que invocam canções tradicionais para a improvisação coletiva e explora a simplicidade e a complexidade que brotam de tudo o que é espontâneo. Não há truques nem arranjos preparados, só memórias tradicionais e muita liberdade criativa. (Músicos: Bitocas Fernandes, Rui Oliveira e Metod Banko | duração: 1 hora)

Organização: PédeXumbo - Associação para a Promoção da Música e Dança
Apoios: Câmara Municipal de Évora | Direção-Geral das Artes
Contacto: 927 808 864 | pedexumbogeral@pedexumbo.com

Informação retirada daqui

"O desenho, o sonho, a fantasia - o namoro entre os sócios e a casa" (exposição coletiva)


"O desenho, o sonho, a fantasia - o namoro entre os sócios e a casa" (exposição coletiva)
8 de novembro a 5 de dezembro - SHE (Praça do Giraldo, 72)
 INAUGURAÇÃO: 8 NOV. SÁBADO 16:00 | 
segunda a sexta-feira 16:00-19:00 | 22:00-24:00 | sábados 22:00-24:00
   
O que é imaginação? Desejo, sonho, fantasia. Qualquer que seja a resposta, certamente podemos admitir que toda a gente imagina. No entanto, apesar de todos determos esta faculdade, não quer dizer que a usemos da melhor forma. A verdadeira imaginação pode ser concebida como um lugar compreendido entre o que é visível e o invisível, onde todo o imaterial pode ganhar forma antes de ser transportado para o físico. Este conjunto de trabalhos, realizado por assíduos sócios que acidentalmente se cruzaram, surge de uma necessidade natural de compreensão mútua através do desenho rotineiro, à noite na Sociedade Harmonia Eborense. Aliando a procura do imaginário à ideia de uma exposição realizada por sócios, surge este namoro entre o projeto imaginado e o espaço real. Participação de: Cátia Pereira | Damião dAM | Isabel Tojo | João Amaral | João Sabino | Laura Grenha | Pavlo Korotash | Rui Gaudêncio | Victor Pruteanu.

Organização: Sociedade Harmonia Eborense
Apoios: Câmara Municipal de Évora | Super Bock (patrocínio)

Informação retirada daqui

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Daniel Catarino e Pablo Vidal @ SHE + Ferdinand Person


Daniel Catarino e Pablo Vidal @ SHE + Ferdinand Person
8 de novembro - SHE (Praça do Giraldo, 72) - 23:00
   
Pablo Vidal é um cantautor argentino, mais conhecido por ser vocalista da banda Payasos Dopados. Estreia-se agora em nome próprio com "Simples Canciones" (Capote Música, 2014), um disco com personalidade que mistura Rock, Ska, Reggae, Tango e Baguala. Daniel Catarino é um cantautor português, mais conhecido por ser vocalista das bandas Uaninauei e Bicho do Mato, bem como por editar trabalhos sob os pseudónimos Long Desert Cowboy e Oceansea. Após a banda sonora para "O Rio e o Moleiro" e o EP "Fados de uma Aldeia Sem Jardim", regressa agora com "Bens Que Vêm Por Mal" (Capote Música, 2014), um trabalho de canções pop/rock com influências de música tradicional e algum cariz electrónico.
 
Organização: Sociedade Harmonia Eborense
Apoios: Câmara Municipal de Évora | Super Bock (patrocínio)
Inf. Extra: Entrada limitada à lotação do espaço.

Informação retirada daqui

Concertos de Outono - Sofia Ribeiro


Concertos de Outono - Sofia Ribeiro
8 de novembro - Auditório do Fórum Eugénio de Almeida - 21:30
 
Sofia Ribeiro é uma das principais vozes portuguesas da atualidade, conhecida pelas suas fortes e emotivas apresentações, a multipremiada cantora tem cativado audiências por todo o mundo. Conciliando elementos do jazz com a música portuguesa e brasileira, o seu novo álbum, intitulado “AR”, resulta do seu talento como vocalista e compositora, contando ainda com os arranjos e produção do pianista colombiano Juan Andrés Ospina. O disco inclui várias composições originais, duas canções de músicos brasileiros e duas adaptações de poemas de escritores portugueses, numa viagem onde as emoções, as imagens e a poesia interagem através de voz da cantora.

Organização: Fundação Eugénio de Almeida
Contacto: 266 748 350 | forumea@fea.pt
Web page: http://www.fundacaoeugeniodealmeida.pt
Inf. Extra: Preço - 6€ (bilhetes à venda no Fórum Eugénio de Almeida). Foto: ©Luís Macedo

Informação retirada daqui

sábado, 1 de novembro de 2014

Exposição “Documentos para a História da Talha Dourada e Azulejos em Évora”


O Arquivo Distrital de Évora, no âmbito da exposição “Documentos para a História da Talha Dourada e Azulejos em Évora”, promove o Curso “Talha Dourada e Azulejos em Évora” ministrado por Celso Mangucci nos dias 4 e 11 de Novembro, pelas 10 horas, nas nossas instalações.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Exposição “Documentos para a História da Talha Dourada e Azulejos em Évora”


O Arquivo Distrital de Évora e o Centro de História de Arte e Investigação Artística, da Universidade de Évora, informam que irá decorrer a inauguração da exposição “Documentos para a História da Talha Dourada e Azulejos em Évora”, organizada por Celso Mangucci, a ter lugar neste Arquivo Distrital, no dia 31 de outubro, pelas 18h30.
Durante a inauguração será proferida uma palestra pelo Dr. Celso Mangucci.
No âmbito da presente exposição estão, também, previstas visitas guiadas a algumas igrejas da cidade de Évora. No dia 8 de novembro, às 10 horas, ocorrerá a visita à Igreja da Misericórdia e no dia 15 de novembro, também pelas 10 horas, visitar-se-ão as igrejas de Santiago e de São Mamede.
Vai realizar-se, ainda, um curso sobre a história da talha dourada e azulejos em Évora, com duas sessões, uma no dia 4 e outra no dia 11 de novembro, com início às 10 horas, no Arquivo Distrital. O curso é gratuito.


sábado, 25 de outubro de 2014

"O Capuchinho Vermelho" (Marionetas)


"O Capuchinho Vermelho" (Marionetas)
25 de outubro -  Rua Diana de Liz (CDAPEC - antigo Iroma) -16:00
   
Uma história infantil clássica que, depois de nos encantar a nós e aos nossos avós, continua a encantar os nossos filhos e netos.

Organização: Era Uma Vez - teatro de marionetas
Contacto: 965 016 218 | 969 205 333 | eraumavez.marionetas@gmail.com

Informação retirada daqui

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Concertos de Outono - Projeto"ALMA"


Concertos de Outono - Projeto"ALMA"
25 de outubro - Auditório do Fórum Eugénio de Almeida - 21:30
 
“O Outro Lado da Rua”, título do álbum de estreia do Projeto ALMA, conduz-nos numa viagem por sonoridades afro-ibero-americanas. São doze temas portugueses onde se cruzam o fado, o tango, a pop, o bolero, a salsa flamenca e a morna. O grupo é composto pelo guitarrista e compositor, Júlio Vilela, Zeca Neves no contrabaixo, João Barradas no acordeão, João Ferreira na percussão e Teresa Macedo na voz.

Organização: Fundação Eugénio de Almeida
Contacto: 266 748 350 | forumea@fea.pt
Inf. Extra: Preço - 6€ (bilhetes à venda no Fórum Eugénio de Almeida). 
Foto: ©Luís Macedo

Informação retirada daqui

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Concerto "Grutera" na Casa da Zorra


Concerto "Grutera"
 25 de outubro - Casa da Zorra (Rua Serpa Pinto, 78) - 22:00
 
Grutera é o alter-ego de Guilherme Efe, guitarrista nascido na Nazaré. Em 2013 estreou-se nas edições discográficas com “Palavras Gastas” e rapidamente criou burburinho na imprensa nacional devido à sua abordagem à guitarra. Um ano depois e após apresentar-se de Norte a Sul do país, está agora de regresso com um novo disco, o segundo na sua curta mas já preenchida carreira. “O Passado Volta Sempre” foi gravado no mosteiro de Santa Maria de Cós, em Alcobaça, um edifício datado do séc. XIII, revestido a azulejo e com uma reverberação natural estonteante.

Organização: Zorra Produções Artísticas
Contacto: 266 746 257 | 964 144 716 | zorra.producoes.arte@gmail.com

Informação retirada daqui

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Bonecos & Campaniça - Uma produção É Neste País, Associação Cultural




Um Músico e um Marionetista dão vida a duas mãos cheias de Bonecos e contam as suas histórias. Histórias sem palavras, ao som da Viola Campaniça.

Ass. Cultural É NESTE PAÍS

Um filme de Nuno Bouça com produção de Carla Magro Dias

Com: Manuel Dias (Marionetista) e António Bexiga (Músico)

Som: Yoann Crochet e António Bexiga
Montagem: Ana Bossa





Bonecos & Campaniça:
Site: http://www.bonecoscampanica.pt.vg/
Facebook: www.facebook.com/bonecosecampanica

Exposição no Arquivo Distrital de Évora


O Arquivo Distrital de Évora e o Centro de História de Arte e Investigação Artística, da Universidade de Évora, têm o prazer de convidar V.ª Ex.ª para a inauguração da exposição “Documentos para a História da Talha Dourada e Azulejos em Évora”, organizada por Celso Mangucci, a ter lugar neste Arquivo Distrital, no dia 31 de Outubro, pelas 18h30.

Durante a inauguração será proferida uma palestra pelo Dr. Celso Mangucci.

No âmbito da presente exposição estão, também, previstas visitas guiadas a algumas igrejas da cidade de Évora, cujas datas serão oportunamente divulgadas.


Música no Palácio - com o grupo Vozes do Imaginário


Música no Palácio - com o grupo Vozes do Imaginário
 24 de outubro - Salão Nobre do Palácio do Barrocal (Delegação INATEL) - 21:00
   
O grupo Vozes do Imaginário é um projeto musical constituído por um conjunto de vozes femininas e três instrumentistas, que dão corpo ao vasto repertório das polifonias tradicionais portuguesas. O legado de Michel Giacometti é o elemento de partida para esta revisita à tradição musical portuguesa.
 
Organização: Fundação INATEL
Contacto: 266 730 523 | mbraz@inatel.pt

Informação retirada daqui

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Malenga ao vivo no Armazém 8


Malenga
25 de outubro - Armazém 8 (Rua do Electricista, 8 -P.I.T.É.) - 22:00
 
O jovem músico moçambicano traz os ritmos e as memórias ancestrais das tradições Makonde, em formato trio.

Organização: Armazém 8 - Associ' Arte
Contacto: 933 326 005 | associarte.aca@gmail.com


Informação retirada daqui

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

"O Cortiço", pela Cia Histriônica de Teatro


"O Cortiço", pela Cia Histriônica de Teatro (BR)
20 e 21 de outubro - Universidade de Évora (Antiga Fábrica Leões) - 21:00
 
A Cia Histriônica de Teatro – grupo formado por estudantes de Artes Cênicas da UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas de São Paulo, no Brasil, apresenta o seu espetáculo "O Cortiço", baseado no romance de Aluísio Azevedo. A peça integra 25 atores e 4 músicos em grandes movimentos corais, danças e músicas executadas ao vivo, e retrata a atmosfera das estalagens do Rio de Janeiro no fim do século XIX, as lutas de classe durante o período da abolição da escravatura, a vida privada e social na inter-relação entre as culturas brasileira e estrangeira - predominantemente, a portuguesa.

Organização: Cia Histriônica de Teatro
Apoios: Unicamp | Universidade de Évora

Informação retirada daqui

domingo, 19 de outubro de 2014

Recital de Música Russa


Recital de Música Russa
19 de outubro - Igreja do Espírito Santo - 18:00
 
Os intérpretes são solistas da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras: Ricardo Mendes (violino), Flora Camuzet (violoncelo) e Yan Mikirtumov (piano). PROGRAMA: A. RUBINSTEIN -Trio com piano n.º 3 Op. 52 (Moderato assai; Andante;Allegro moderato; Moderato) e A. GRECHANINOW - Trio com piano n.º 1 Op. 38 (Allegro passionato; Lento assai; Allegro vivace)

Organização: Associação /Conservatório Eborae Mvsica (financiamento: INAlentejo | QREN | Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional)
Apoios: Câmara Municipal de Évora
Contacto: 266 746 750 | eboraemusica@mail.evora.net

Informação retirada daqui

sábado, 18 de outubro de 2014

Música nas Igrejas - Concertos de Órgão


Música nas Igrejas - Concertos de Órgão
 19 de outubro - Catedral da Sé de Évora - 16:30
 
Concerto de Órgão por Andrea Marcon. Esta é a 3.ª edição do evento Música nas Igrejas - Concertos de Órgão, que tem início no mês de outubro, no âmbito das comemorações do Mês da Música, e se prolonga até dezembro. No presente ano, a iniciativa irá decorrer num único ciclo, entre os meses de outubro e dezembro de 2014, contemplando o total de 12 concertos, nas três catedrais e diversas igrejas da região Alentejo.

Organização: Direção Regional de Cultura do Alentejo | Cabido da Sé de Évora
Contacto: 266 769 450 | info@cultura-alentejo.pt

Stone Dead @ SHE + Nuno do Roque


Stone Dead @ SHE + Nuno do Roque
 18 de outubro - SHE (Praça do Giraldo, 72) - 23:00
 
Os Stone Dead vêm de Alcobaça, formaram a banda em 2012 e desde então já lançaram 2 EP's. São rock sem mais palavras, com a força que se pede. Já partilharam palco com outras bandas nacionais como de The Parkinsons, Capitão Fausto, The Quartet of Woah e internacionais como Blues Pills, The Atomic Bitchwax ou NAAM. Este ano venceram o Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal e marcaram presença em festivais como o SonicBlast Moledo e o Warm Up do Reverence Valada, em Lisboa.

Organização: Sociedade Harmonia Eborense
Apoios: Câmara Municipal de Évora | Super Bock (patrocínio)
Inf. Extra: Entrada limitada à lotação do espaço.

Informação retirada daqui

Concertos de Outono - João Bettencourt da Câmara


Concertos de Outono - João Bettencourt da Câmara
18 de outubro - Auditório do Fórum Eugénio de Almeida - 21:30
   
O pianista João Bettencourt da Câmara marca o arranque dos Concertos de Outono com um recital, composto pelo seguinte programa: J. Brahms - Sonata no. 3 em Fá menor; C. Debussy - Images II; e F. Liszt - Grosses Konzertsolo. João Bettencourt da Câmara nasceu em Lisboa em 1988, iniciou o estudo do piano aos três anos de idade com seu pai, José Bettencourt da Câmara, e em 1997 foi admitido na Escola de Música do Conservatório Nacional (Lisboa), onde terminou em 2006 o Curso de Piano com a classificação máxima. Tendo também sido orientado por pianistas de renome, deu o seu primeiro recital público aos sete anos de idade, e estreou-se com a orquestra aos doze. Graduou-se em 2010 no Royal College of Music e realizou o mestrado na Guildhall School of Music and Drama (City University). Iniciou a sua carreira internacional em Junho de 2007 com uma digressão nos Estados Unidos da América, a qual incluiu recitais em Washington, Providence e Boston. Atualmente é doutorando em Música no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro. Leciona Piano na mesma Universidade desde Fevereiro de 2013.

Organização: Fundação Eugénio de Almeida
Contacto: 266 748 350 | forumea@fea.pt
Inf. Extra: Preço - 6€ (bilhetes à venda no Fórum Eugénio de Almeida). 
Foto: Anne-Marie Le Blé ©

Informação retirada daqui

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Quatro Séculos de Arte e Ciência da Artilharia


"Quatro Séculos de Arte e Ciência da Artilharia"
13 de outubro de 2014 a 6 de janeiro de 2015 - Palácio dos Mesquitas (Rua de S. Domingos, 2)
segunda a sexta-feira | 10:00-17:00
   

Organização: Direção de História e Cultura Militar/Exército
Contacto: 916 106 865 | cid@mail.exercito.pt
Web page: http://www.exercito.pt
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui

terça-feira, 7 de outubro de 2014

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

“De Amor e Desejo” - por Francis Seleck


“De Amor e Desejo” - por Francis Seleck
 9 de outubro - Teatro Garcia de Resende (Pç. Joaquim Ant.º d'Aguiar) - 21:30
 
Depois do sucesso encontrado em várias cidades do país com as “Canções de Brel”, Francis Seleck, acompanhado ao piano por Paul Timmermans, apresenta um novo espetáculo de canções: “De Amor e Desejo”. Num ambiente próximo do cabaré, uma viagem surpreendente pelos meandros do amor e do desejo. A teatralidade do gesto. A expressividade do rosto. Uma voz quente, poderosa e sensível. Um piano cúmplice. Um colar de pequenas pérolas musicais encontrado numa mesa-de-cabeceira. Um espetáculo feito de emoção, leveza, humor, malícia e alguma nostalgia. Com canções de Edith Piaf, Serge Gainsbourg, Jacques Brel, Léo Ferre, Charles Aznavour, Barbara, Elis Regina, Juliette Gréco e Boris Vian (entre outros) assim como temas originais cantados em francês e português. Concerto Comemorativo do 10.º Aniversário da Geminação Évora/Chartres. (Duração: 70min. | classificação etária: todos)

Organização: Câmara Municipal de Évora
Apoios: Cendrev
Contacto: 266 777 000 | cmevora@cm-evora.pt
Inf. Extra: ENTRADA LIVRE

Informação retirada daqui

sábado, 4 de outubro de 2014

Hoje é o Dia do Animal


Dia do Animal
 4 de outubro - Praça do Giraldo e Hospital Veterinário "Muralha" de Évora
10:00-13:00 |15:00-18:00
   
Programa: 
10:00-13:00 - Caça ao Dono, atividades para interagir com os cães do canil (Praça do Giraldo) | 15:00-18:00 - Brincar para Adotar, atividades para crianças (Hospital Veterinário "Muralha" de Évora)

Organização: Câmara Municipal de Évora/Projeto FIEL | Hospital Veterinário "Muralha"
Contacto: 266 777 182 | canil@mail.evora.net
Inf. Extra: Entrada Livre

Informação retirada daqui
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...