domingo, 9 de março de 2014

Évora Megalítica - Vale Maria do Meio


O recinto megalítico de Vale Maria do Meio foi identificado em 1993 por uma equipa de alunos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, orientada pelo seu docente Manuel Calado. Escavações recentes*, promovidas pela autarquia eborense e dirigidas pelo descobridor do monumento, verificaram um conjunto de cerca de três dezenas de menires graníticos, formando actualmente um arco de ferradura alongado no sentido nascente-poente, aberto a Este e com 5% de declive, medindo cerca de 37m de comprimento, por cerca de 20m de largura máxima. Em dois monólitos da ala Oeste, confirma-se a existência de gravuras, nomeadamente círculos, ferraduras e báculos. Segundo o seu investigador, a cronologia deste monumento é atribuída a uma data centrada no V milénio a. C., ou mesmo antes. Em Dezembro de 1995, uma acção de arqueologia experimental serviu para a compreensão do esforço colectivo implicado na construção de recintos megalíticos. De facto, com o auxílio de cordas, troncos e força braçal de 70 voluntários, foram, com êxito, implantados dois menires de consideráveis dimensões.

Notícia retirad daqui

*Especial agradecimento ao senhor Américo Chinita de Mira - arrendatário da herdade Vale Maria do Meio - pelas facilidades concedidas.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...