sábado, 21 de maio de 2011

Évora já dispõe de uma Agência do Banco do Tempo

A Agência de Évora do Banco do Tempo foi inaugurada no dia 12 de Maio, numa cerimónia pública, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com casa cheia e muita animação.

O evento contou com a participação da Vereadora da Câmara de Évora, Cláudia Sousa Pereira, bem como das representantes do Graal, Eliana Madeira e Teresa Branco, a entidade responsável pelo Banco do Tempo a nível nacional, com quem a autarquia assinou um protocolo de colaboração, além da Junta de Freguesia de Canaviais, freguesia onde o projecto nasceu.

Solucionar pequenos problemas diários, através da boa vontade e espírito solidário, conciliados com a rentabilização do tempo livre é o grande objectivo do Banco do Tempo, onde todos dão e recebem apoio, trocando tempo por tempo e beneficiando os membros com ajuda em serviços de grande utilidade.

Aulas diversas (ex. informática, dança, etc.), fazer companhia a pessoas sós, realização de pequenas reparações e trabalhos domésticos, acompanhamento de crianças, preenchimento de documentos, cuidar de animais e plantas, são algumas das ofertas deste banco onde o dinheiro não entra, mas apenas a boa vontade e o espírito de entreajuda.

Ou seja, qualquer pessoa que esteja disposta a dar uma hora do seu tempo para prestar serviços à comunidade, recebe em troca uma hora em que alguém a ajudará naquilo que mais necessitar. Para se inscrever ou obter mais informações, basta dirigir-se ao Banco de Tempo, nos dias úteis, entre as 14:30 e as 16:30 horas (a funcionar no 1º piso do edifício das Juntas de Freguesia (Rua do Fragoso, nº 8) ou contactar a equipa pelo telef. 266 777 023 ou pelo e-mail btevora@btevora.com

A Agência de Évora, cujas instalações foram cedidas pela Câmara Municipal de Évora, é dinamizada por Isaura Pinto em conjunto com uma equipa que inclui Alda Barreiros, Maria José Constantino, Miguel Pinto e Marta Varela.

Coube a Isaura Pinto, durante a cerimónia de inauguração, a apresentação da Agência de Évora e da equipa dinamizadora, fazendo um historial do surgimento desta instituição em Évora e convidando todos a “abrir uma conta neste banco onde a crise ainda não chegou, onde é seguro entrar, onde juros não sobem e onde todos podemos ganhar muito, através de unidades de tempo”.

As intervenções de Eliana Madeira e de Teresa Branco centraram-se na explicação do conceito Banco do Tempo e no aparecimento do Graal, movimento internacional de mulheres cristãs trazido para Portugal pela Engª Maria de Lourdes Pintassilgo e pela Dra. Santa Clara Gomes, bem como na apresentação do trabalho desenvolvido pelo Banco do Tempo a nível nacional.

Por seu turno, a Vereadora Cláudia Sousa Pereira expressou a sua satisfação pela criação deste projecto e salientou a sua importância, nomeadamente neste que é o Ano Europeu do Voluntariado.

Sublinhando o valor do voluntariado e a acção autárquica realizada nesta área, mostrou o seu profundo apreço pelo trabalho destas instituições em prol do bem-estar das populações, deixando “uma palavra muito especial de reconhecimento à Professora Isaura Pinto que como cidadã activa da Freguesia dos Canaviais se apresentou, no início do meu mandato neste executivo, com este projecto muito bem pensado, nas mãos e no coração”.

Falou ainda da forma como Évora se está a assumir como Cidade Educadora e o seu papel na reformulação e melhoria de aspectos ligados ao voluntariado, bem como o envolvimento e estimulação dos cidadãos em estruturas organizadas, visando sempre a melhoria das condições de vida das populações.

No final das intervenções, teve lugar uma declamação de poesia pelo Grupo de Jograis da Sociedade Recreativa e Dramática Eborense e um momento musical pela Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da Horta das Figueiras, seguindo-se uma visita às instalações da Agência de Évora do Banco do Tempo.





Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...