segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Nicho do Senhor Jesus da Consolação


A referência mais antiga que conhecemos do nicho do Senhor Jesus da Consolação é de 1931. Localizava-se na Carreira do Menino Jesus, num alçado da cerca do destruído Convento do Salvador do Mundo e deu o nome ao terreiro que lhe ficava em frente, o Terreiro do Senhor da Consolação (actual Largo 13 de Outubro). No entanto, em 1849, Elerperk refere que na “Carreira do Menino Jesus está um nicho que fica fronteiro ao Terreirinho da Mouraria, dedicado ao Menino Jesus”.
Era constituído por uma imagem de Cristo crucificado, atrás da vidraça da maquineta apoiada na parede, alumiado pela humilde lanterna pendente e com uma caixa para esmolas. Há um desenho muito interessante deste nicho, feito em 1931, por Alberto de Souza.
Em 1936, este nicho foi alvo de reparação particular e em 1942, foi retirado por motivo da demolição das ruínas do Convento do Salvador, com o compromisso de que seria reposto no novo edifício dos CTT a construir naquele local. A imagem foi guardada na Igreja do Salvador, pela então Direcção Geral dos Monumentos Nacionais, a pedido do Senhor Arcebispo de Évora.
Porém, por ordem da edilidade eborense, em 1950, a referida imagem não foi colocada no seu antigo lugar, mas sim no murete moderno da Câmara Municipal, com face para a rua então aberta, a Rua de Olivença, o que levantou protestos da população.
O nicho antigo, com obra de talha dourada do estilo rococó, metido em lâminas de ardósia, perdeu-se durante a construção do actual edifício dos CTT, exceptuando a imagem de madeira populista, que é a existente, no novo lugar, onde permanece até à actualidade.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...