terça-feira, 1 de março de 2011

Monumentos: Ruínas da Ponte Antiga do Xarrama

Encontra-se a cerca de 3.500m da cidade de Évora na Herdade da Chaminé onde atravessa o rio Xarrama, junto da actual ETAR.

Ponte arruinada (considerada romana por Túlio Espanca), de que se conservam três arcos de volta perfeita. No restante corpo identifica-se o arranque de um descarregador de secção rectangular.

Utiliza como matéria-prima o granito, com trabalho de cantaria nas aduelas e nos paramentos. O enchimento é constituído por alvenaria unida com argamassa de cal.

Apresenta tabuleiro horizontal, protegido por guardas, onde se abrem duas goteiras, a jusante, para escoar a água da chuva.

Sofreu algumas reconstruções e melhoramentos, sendo o mais notório, a aplicação de talhamares a montante, claramente independentes do corpo da ponte.

Fica na linha do primitivo itinerário militar do imperador Antonino Pio, de Évora-Beja. Em 1519, um dos limites da coutada real era dado pelo caminho que ia de S. Brás até uma ponte que atravessava aqui o Xarrama.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...