quarta-feira, 29 de junho de 2011

Suspensão do TGV representa "abandono" do Alentejo

O presidente da Câmara de Évora, José Ernesto Oliveira, manifestou nesta quarta-feira o seu "protesto com veemência" pela suspensão do projecto de alta velocidade ferroviária (TGV) Lisboa-Madrid, considerandoque representa o "abandono" do Alentejo e "compromete" projetos turísticos.
"Lamento e protesto com veemência contra a decisão que acaba de ser anunciada", afirmou o autarca socialista de Évora, reagindo à decisão do Governo de suspender o TGV entre as duas capitais ibéricas, projeto que previa uma estação nesta cidade alentejana.
O Governo decidiu suspender o projecto de Alta Velocidade Lisboa-Madrid, mas este poderá ser reavaliado, segundo o programa do Executivo divulgado na terça-feira.
De acordo com o documento do Governo, "poderá sujeitar-se o projeto a uma reavaliação, incluindo o seu conteúdo e calendário, numa óptica de optimização de custos, à luz dos novos condicionalismos, e que deverá ter em conta o estatuto jurídico dos contratos já firmados".
O programa refere que "uma eventual renegociação só poderá proceder de uma avaliação deste tipo".
Em declarações aos jornalistas durante as cerimónias comemorativas do feriado municipal de Évora, José Ernesto Oliveira afirmou que a suspensão do TGV representa "uma vez mais a repetição daquilo a que a direita já habituou o Alentejo, que é o esquecimento desta terra sacrificada, desta terra que tem sido, durante anos e anos, abandonada sempre que a direita está no poder".
"Infelizmente, repete-se a história. O Alentejo não conta para a direita, os alentejanos não contam para a direita. Os alentejanos, no fundo, são cidadãos de segunda, são portugueses, que, talvez por sermos poucos, não contamos nas contas que a direita faz", disse.
O autarca de Évora considerou ainda que a decisão de suspender o TGV vai "comprometer" projetos turísticos que estavam previstos para o concelho de Évora e que contavam com a alta velocidade ferroviária em 2013.
"Para Évora é uma perda muito grande, por ser uma cidade Património Mundial, com mais de meio milhão de visitantes, a maioria dos quais estrangeiros", disse.
"Estar a cidade inserida numa rede de alta velocidade que a pusesse em contacto próximo com outras cidades da Europa era importantíssimo para o desenvolvimento", sublinhou.

6 comentários:

Anónimo disse...

A LINHA DO ORIENTE,TGV,já devia terr sido construida em 1980,em vez das auto estradas 2800km,por montes e vales,autênticos CEMITÈRIOS.Não tem verbas para a linha internacional,em via única com ligação á Europa,mas tem verba para mais 7 auto estradas,FARAÒNICAS:Parem lá com essa loucura FARAÒNICA,e renovem as linhas de Evora até Vila Viçoza,para o TGV em via única.É só ligar Estremoz ao Caia uns 50km.Julgo que será só renovar e eletrificar uns 100km,de Evora ao Caia.As 50 auto estradas mais de 2800km foi a ruina financeira de Portugal,por muitos anos.È preciso com urgência começar a renovar a REDE FERROVIÀRIA,como tem feito os outros paises,na Europa e América.A frota rodoviária de mais de 10.000 tir arruinaram a CP,numa concorrência desleal.São dois concorrentes,que se vão arruinar,um ao outro,para o terceiro milénio.Ex chefe de estação e de combóios na estrela de Evora.Mauricio Arrais.

Anónimo disse...

A LINHA DO ORIENTE,TGV,já devia terr sido construida em 1980,em vez das auto estradas 2800km,por montes e vales,autênticos CEMITÈRIOS.Não tem verbas para a linha internacional,em via única com ligação á Europa,mas tem verba para mais 7 auto estradas,FARAÒNICAS:Parem lá com essa loucura FARAÒNICA,e renovem as linhas de Evora até Vila Viçoza,para o TGV em via única.É só ligar Estremoz ao Caia uns 50km.Julgo que será só renovar e eletrificar uns 100km,de Evora ao Caia.As 50 auto estradas mais de 2800km foi a ruina financeira de Portugal,por muitos anos.È preciso com urgência começar a renovar a REDE FERROVIÀRIA,como tem feito os outros paises,na Europa e América.A frota rodoviária de mais de 10.000 tir arruinaram a CP,numa concorrência desleal.São dois concorrentes,que se vão arruinar,um ao outro,para o terceiro milénio.Ex chefe de estação e de combóios na estrela de Evora.Mauricio Arrais.

Anónimo disse...

Desde 1943 que os rápidos de Lisboa para Madrid,circularam pela fronteira de Marvão,a melhor para a Europa.O TGV passageiros,deve circular,pela fronteira de Marvão,em bitola 1,668m,até Madrid.Não é preciso a ponte faraónica,e mais 92km de linha de Evora a Elvas.A velocidade na ordem dos 200km/h.Os mercadorias procedentes de SINES e SETUBAL,circulam peles boas linhas do Alentejo,até Marvão,seguindo para a Europa.Todos os combóios em dupla tração,velocidade na ordem dos 90km/h.Carruagens modernas de dois pisos,panorâmicas,e vagons com o dobro da caixa para 25 ou 30 T por eixo.E impossivel o TGV circular pela fronteira do Caia.A ponte de 7km,92km de linha,a construir,as expropriações,e mais de 100km de percurso.Mauricio Arrais.Abrantes.

Anónimo disse...

SÓ mais dois dados desconhecidos dos ferroviários.Em 130 anos circularam pelo ramal de Marvão perto de 200.000 comboios.Desde 1943 circularam perto de 51.100 comboios rápidos de Lisboa para Madrid sem acidentes graves,o que mostra ser a melhor fronteira de Portugal para a Europa.Maurício Arrais.

Anónimo disse...

C P e Refer:A CP em 150 anos nunca teve lucros.Ponham a circular o T G V LUSITÂNIA EXPRESSO,de Lisboa para Marvão, Madrid uma composição dupla de dois pisos aerodinâmica a 220km/h.De Valencia a Madrid,391km pode circular a 3ookm,em bitola 1,668m.Desde 1943 tem circulado 51,100 rapidos,agora com linhas modernas fecham a fronteira melhor de Portugal para a Europa?É um grande misterio na CP e Refer!Ou querem mais carris para vender ao Godinho,ao preço da uva mijona.É UM CRIME ENCERRAREM A MELHOR FRONTEIRA DE PORTUGAL Á EUROPA,NO SECULO VINTE E UM.Ex chefe de estação e de comboios na estrela de Evora.Naurício Arrais.Abrantes.

Anónimo disse...

C P e Refer:A CP em 150 anos nunca teve lucros.Ponham a circular o T G V LUSITÂNIA EXPRESSO,de Lisboa para Marvão, Madrid uma composição dupla de dois pisos aerodinâmica a 220km/h.De Valencia a Madrid,391km pode circular a 3ookm,em bitola 1,668m.Desde 1943 tem circulado 51,100 rapidos,agora com linhas modernas fecham a fronteira melhor de Portugal para a Europa?É um grande misterio na CP e Refer!Ou querem mais carris para vender ao Godinho,ao preço da uva mijona.É UM CRIME ENCERRAREM A MELHOR FRONTEIRA DE PORTUGAL Á EUROPA,NO SECULO VINTE E UM.Ex chefe de estação e de comboios na estrela de Evora.Naurício Arrais.Abrantes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...